Press "Enter" to skip to content

2ª Etapa do VII Festival Estudantil de Identidade Cultural revela Talentos do Piauí

Last updated on 17 de setembro de 2019

O Festival Estudantil de Identidade Cultural do Piauí é uma ação educativa que promove a formação da consciência para preservar, valorizar e divulgar o Patrimônio Cultural do Piauí, interagindo dança e música, na perspectiva de ressignificar a identidade cultural do Estado.

Participam do evento, estudantes da Educação Básica, divididos nas 21(vinte e uma) Gerências Regionais de Educação – GRE?s, no período de março a setembro de 2013. A I etapa foi realizada nas Gerências, onde foram selecionados os melhores grupos para participarem da II etapa em Teresina, que acontece no dia 20 de outubro à partir das 7:00h no Teatro 4 de Setembro.

O Festival é uma ação que oportuniza aos estudantes da rede pública estadual da Educação Básica (Ensino Fundamental a partir da 7ª série (8º ano), Ensino Médio, EJA, Educação Profissional Técnica de Nível Médio) expressarem seus talentos através de apresentações que contemplem música e dança de forma integrada.

“Identificar, valorizar e incentivar talentos individuais e coletivos, fortalecer o espírito crítico e participativo do aluno na busca de uma cultura democrática, além de divulgar e valorizar a cultura piauiense, minimizando problemas sociais evidenciados na comunidade escolar/local são os objetivos do festival”, disse a coordenadora Eva Rodrigues.

Os grupos serão julgados e selecionados, obrigatoriamente, por uma Comissão composta por 05(cinco) membros: 02(dois) com formação em música, 02(dois) com formação em dança e 01(um) em cultura popular. As apresentações deverão integrar música e dança, referindo-se à cultura piauiense. A seleção obedecerá a vários critérios, coreografia, figurino, música (foco na cultura piauiense), melodia e ritmo (sintonia), interpretação (afinação, dicção e presença de palco), arranjo (criatividade), composição musical (poderá ser de autoria do grupo ou de compositores piauienses). A música que acompanhará a dança será executada ao vivo pelos componentes do grupo concorrente.

Para o secretário de Estado da Educação, Átila de Freitas Lira, o festival favorece uma ação pedagógica que proporciona a descoberta e o desenvolvimento de talentos dos estudantes das escolas públicas estaduais do Piauí. “Propicia o conhecimento da cultura piauiense no âmbito estadual, estimula a criatividade dos estudantes nas diversas linguagens da arte, além de tornar o ambiente escolar agradável, contribuindo para a permanência e o sucesso dos estudantes na escola durante o ano letivo, promovendo a convivência multicultural entre os jovens das escolas públicas estaduais. É mais qualidade na educação do Piauí”, garante Lira.

PREMIAÇÃO

As seis escolas classificadas receberão os seguintes prêmios:

1ª escola colocada – premiação: (01 notebook, 01 projetor, 03 violões elétricos e 04 violões populares).

2ª escola colocada – premiação: (01 notebook, 01 projetor, 02 violões elétricos e 03 violões populares),

3ª escola colocada – premiação. (01 notebook, 01 projetor, 01 violão elétrico e 02 violões populares).

4ª escola colocada – premiação. (01 notebook, 01 projetor e 02 violões populares).

5ª escola colocada – premiação. (01 notebook, 01 projetor e 01 violão popular).

6ª escola colocada – premiação. (01 projetor, 01 violão popular).

Grupos Participantes

RAIZES DO CEEP

1ª GRE – PARNAÍBA

UNIDADE ESCOLAR: Ministro Petrônio Portela

MÚSICA: O Vaqueiro e seus Valores, de autoria de Sandra Gabriela.

O grupo “RAIZES DO CEEP” apresenta através da dança e da música, o contraste entre riquezas, belezas e histórias do cotidiano da nossa terra Piauiense, retrata a cultura popular, indicando os valores do Piauí e a história do vaqueiro da nossa região, destacando, ainda, a expressão do sentimento de amor à terra piauiense.

ARTE E CULTURA

3ª GRE – PIRIPIRI

UNIDADE ESCOLAR: São João Batista

MUNICÍPIO: SÃO JOÃO DA FRONTEIRA

MÚSICA: Exaltação ao Piauí, de autoria de Luana Avelino.

Com a apresentação da dança e da música, o Grupo “Arte e Cultura” vem destacar as características da riqueza das nossas tradições: folguedos, danças e lendas piauienses, através da formação de um povo que carrega as marcas e experiências culturais dos índios, vaqueiros e bandeirantes, que contribuíram significativamente para a cultura do Estado do Piauí.

GRUPO SINA

4ª GRE – TERESINA

UNIDADE ESCOLAR: Professor Edgar Tito

MUSICA: Talento é o Trabalho, de autoria do aluno Denilson Mendes A. Frazão.

O “GRUPO SINA” vem apresentar através da dança e da música o Piauí com a sua diversidade cultural. A música que revela o perfil do piauiense trabalhador, aquela que vive cada dia, momentos de conflitos advindos do meio social, político, econômico e cultural, enfatizando, assim, a sua vida cotidiana, sobretudo o seu destino enquanto ser homem ou mulher numa sociedade moderna, em terras piauienses.

LUAU DAS ESTRELAS

5ª GRE – CAMPO MAIOR

UNIDADE ESCOLAR: Cândido Borges Castelo Branco.

MÚSICA: Coração Valente, de autoria de Antônio Isaque Sousa Costa (ex-aluno da escola).

O grupo “LUAU DAS ESTRELAS” mostra através da dança e da música, a nossa história. Também fala de um povo bravo, lutador e cheio de esperança.

A dança revela a arte de mover o corpo como um todo, estabelecida graças a um ritmo e a uma composição coreográfica. Portanto, envolvendo uma mistura de ritmos, criatividades e utilizando instrumentos, desde a zabumba, triângulo, baixo, a guitarra elétrica, trazendo na batida a alegria e emoção de apresentar talentos que representam a nossa cultura. O grupo aborda, também, a herança cultural deixada por seus formadores.

CULTURA VIVA

6ª GRE – REGENERAÇÃO

UNIDADE ESCOLAR: Polivalente

MUNICÍPIO: AMARANTE

MÚSICA: Mimbó, de autoria de Cleilson Morais.

A dança e a música apresentam a criação do mais antigo Quilombo piauiense e sua diversidade cultural. O grupo mostra uma mistura de ritmo afro e hip hope, vivenciando através de movimentos corporais, a história, a arte e a cultura da nossa terra, marcada pela escravidão e luta nos quilombos pela conquista da liberdade. Realçada no figurino, está a alegria das cores do nosso povo, e no cenário, o encontro com as reminiscências de nossas gerações passadas, cuja cultura tem um valor histórico para o Estado do Piauí.

CULTUR – ART

8ª GRE – OEIRAS

MUNICÍPIO: SÃO JOÃO DA VARJOTA

UNIDADE ESCOLAR São João Batista

MÚSICA: Crispim, o filho maldito, de autoria dos alunos Teófilo Lima e Pedro Silva.

O grupo “Cultur-Art” surgiu do aprofundamento histórico da cultura popular, tem como objetivo valorizar a cultura local de forma dinâmica e moderna, tanto no âmbito educacional, como no social.

A dança mostra, entre os ritmos populares, a temática dos homens e mulheres que vivem com dificuldade no semi-árido piauiense, que com bravura e muita luta, eles sobrevivem da pesca, da lavoura e do lavado de roupas.

A música Crispim, o filho maldito, mostra o valor das lendas e sua importância na construção da identidade cultural do Estado do Piauí.

LIMEIRA

9ª GRE – PICOS

MUNICÍPIO: MONSENHOR HIPÓLITO

UNIDADE ESCOLAR José Alves Bezerra

MÚSICA: Limeira

O Grupo “LIMEIRA” vem apresentar neste momento uma das maiores potencialidades da cultura do Piauí. A dança Limeira nasceu em 1891, entre o seu ritmo de roda e toadas, em que os irmãos “Munturus” cantavam e dançavam mostrando a cultura popular junto à comunidade, debaixo de um frondoso limoeiro, do antigo Riachão, hoje Monsenhor Hipólito. A dança Limeira representa a nossa verdadeira identidade cultural. Atualmente esta expressão cultural é vivenciada em todas as escolas de Monsenhor Hipólito, dentre elas, na escola José Alves Bezerra.

A música, também intitulada Limeira, revela, em forma de toadas populares, revela os valores culturais do Estado do Piauí.

CORAÇÃO PIAUIENSE

10ª GRE – FLORIANO

UNIDADE ESCOLAR: Escola Normal Osvaldo da Costa e Silva

MÚSICA: Meu Piauí é de autoria da professora e poeta Jusmária Duarte.

O grupo “Coração Piauiense” vem apresentar através da dança e da música a valorização da cultura piauiense, entre costumes, tradições, lazer e comidas típicas.

A dança combina passos clássicos e contemporâneos harmonizados com a letra da música “Meu Piauí”, e o figurino com seus adereços demonstram que a nossa cultura é diversificada em todo o estado do Piauí. Assim faz o convite: ?venha conhecer o Piauí, venha fazer turismo aqui

ENCANTADORES DE SÃO JOÃO

12ª GRE – SÃO JOÃO DO PIAUÍ

UNIDADE ESCOLAR: CEMJA -Senador José Cândido Ferraz

MÚSICA: As Maravilhas do meu Piauí, de autoria do aluno Wanderson Freitas.

A dança e a música apresentam a beleza da cultura do Piauí, visto que os ritmos que fazem parte do cotidiano da escola são inspirados no cordel, no vaqueiro, no serrado, no batuque, no reisado, na culinária, no mel e no caju. O figurino mistura o rústico e o moderno, assim, o grupo mostra através da harmonia da dança a alegria do povo piauiense.

CRIART

13ª GRE – SÃO RAIMUNDO NONATO

UNIDADE ESCOLAR: Centro de Ensino Médio de Tempo Integral Moderna

MÚSICA: Escorpião do Piauí

O grupo “CRIART” vem cantar e dançar os talentos e riquezas do nosso estado, com alegria, o grupo reverencia o nosso poeta e compositor Torquato Neto, que com sua poesia irreverente conquistou o seu espaço no movimento tropicalista.

DESCOBRINDO TALENTOS

14ª GRE – BOM JESUS

UNIDADE ESCOLAR: Franklin Dória.

MÚSICA: As Riquezas do Buriti

O Grupo “Descobrindo Talentos”, formado pelos alunos do Ensino Médio, retrata através da dança e da música a cultura de uma planta do sertão piauiense e sua tradição, o Buritizeiro, que se tornou um marco na história da agricultura piauiense, entre os ritmos e a expressão corporal, ainda mostra seus benefícios para o povo da nossa terra, e a sua contribuição para o desenvolvimento socioeconômico e cultural do Estado do Piauí.

SEDUÇÃO NOIRDESTINA

15ª GRE – CORRENTE

UNIDADE ESCOLAR: Dionísio Rodrigues Nogueira

MÚSICA: Piauí: meu aconchego, de autoria de Gabriel Pereira Guerra.

O Grupo “SEDUÇÃO NORDESTINA” vem com o objetivo de promover a cultura local e do Piauí, tendo em vista que seus talentos se unificaram para participar do VII Festival Estudantil de Identidade cultural. Através da dança e da música vem também homenagear a cultura piauiense, com humor. A coreografia mostra o valor do artesanato, da dança e da poesia da nossa terra.

AS MARAVILHAS DO SERTÃO

16ª GRE – FRONTEIRAS

UNIDADE ESCOLAR: CEMJA- Francisca Pereira de Sousa Morais

MÚSICA: Riquezas do meu Sertão, de autoria do poeta Francisco das Chagas Bezerra (SERI)

O Grupo “As maravilhas do Sertão” surgiu no contexto da festa folclórica Agostina, visando valorizar a cultura popular. O grupo vem mostrar através da dança e da música os seus valores arraigados no Sertão piauiense, também procura fortalecer a cultura do Piauí com seus traços históricos, do cerrado e da caatinga, e do sertanejo com sua resistência, e o seu poder que exerce sobre as demais culturas. Retrata ainda, o sentimento de pertença a esse povo trabalhador, que encontra no solo seco, o valor dos recursos socioeconômico e cultural para sobreviver no Estado do Piauí.

ARTETUDES

18ª GRE – TERESINA

MUNICÍPIO: UNIÃO

UNIDADE ESCOLAR: Marcos Parente,

MUSICA: Bicho do Mato, de autoria do cantor e compositor José Quaresma, da Banda Piauiense Validuaté.

O Grupo ARTETUDES cantará em versos ritmados a estranheza e o choque de culturas entre o homem do interior e à cidade grande. É um grupo que resgata, ainda, a cultura popular, e a valorização do município em escala regional e global, isto é, envolvendo desde os aspectos econômicos, político, social, educacional e cultural da sociedade.

Tribos de Iemanjá

19ª GRE – TERESINA

UNIDADE ESCOLAR: Solange Viana

MÚSICA: O Canto do Guerreiro, de autoria do aluno Shumaydon Lopes Castro.

O Grupo “TRIBOS DE IEMANJÁ” vem nesse momento retratar através da música e da dança a saga indígena e do negro na época do Piauí Colonial. Valorizando as belezas naturais e o sincretismo religioso da nossa terra, através da expressão da dança, o grupo mostra com desenvoltura a arte e a cultura do Estado do Piauí.

CAJUÍNA

20ª GRE – TERESINA

UNIDADE ESCOLAR: CEPTI- Governador Dirceu Mendes Arcoverde

MÚSICA: Terra Boa (POTI VELHO), de autoria de Vagner Ribeiro (compositor piauiense),

O grupo “CAJUÍNA”, por meio da música coreografada, retrata a importância da valorização e grandeza das lavadeiras entoando as suas canções à beira do rio Poti. O grupo mostra essa cultura do povo piauiense através da expressão corporal, todo o valor da terra onde o povo vive com simplicidade.

GRUPO CULTURAL ESTRELAS DA PAZ

21ª GRE – TERESINA

UNIDADE ESCOLAR: Nossa Senhora da Paz

MÚSICA: Jenipapo, de autoria do compositor e cantor piauiense Vagner Ribeiro.

O grupo “Cultural Estrelas da Paz” constitui-se de alunos do Ensino Médio, apresenta um dos maiores fatos histórico do Estado do Piauí que é a Batalha do Jenipapo.

O grupo através da dança e da música, vem homenagear a brava gente do Piauí, que no ano de 1823 lutou pelo ideal de liberdade, de independência. A batalha, às margens do riacho do Jenipapo, foi muito importante para a consolidação da Independência do Brasil (entre facas, foices, facões), e muita coragem, fazendo do Piauí um grande personagem da história do Brasil.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *