Menu...

19 de julho de 2019

Energia em alta


Hospital de Olhos

Publicidade

O Ministro de Minas e Energia Eduardo Braga, afirmou nesta quarta feira, que a alta nas contas de luz vai ficar abaixo dos 40% apresentados pela Agência Nacional de Energia Elétrica(Aneel) à presidente Dilma Rousseff.

De acordo com Braga, o avanço nas tarifas, a partir da adoção de uma política de “realismo tarifário” deve ser minimizado por” mudanças significativas nos ajustes ordinários das distribuidoras”.

Publicidade

O aumento expressivo nas contas de luz em 2015 é esperado em razão do fim dos repasses do Tesouro Nacional à Conta de Desenvolvimento Energético(CDE), fundo que reúne as principais despesas do setor, e da revisão da forma de tratamento dos subsídios,medida que também deve onerar o consumidor final.

Mesmo com as revisões autorizadas, previstas pela ANEEL para o primeiro trimestre, as concessionárias de distribuição ainda terão direito aos reajustes ordinários de tarifas, que ocorrem uma vez por ano. Será nesse processo, segundo o Ministro, que a alta de 40% das tarifas ao longo de 12 meses será amenizada.

Publicidade