INSS cria programa de reconhecimento facial para prova de vida por celular

   Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) deu início nesta quinta-feira (20) ao projeto piloto para prova de vida por meio do reconhecimento facial dos beneficiários com uso da câmera do celular do segurado. Como parte dessa primeira fase deverão participar cerca de 500 mil beneficiários em todo o país. O Governo Federal espera que aposentados […]
quinta-feira, ago 20
  •  
  •  
  •  

Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) deu início nesta quinta-feira (20) ao projeto piloto para prova de vida por meio do reconhecimento facial dos beneficiários com uso da câmera do celular do segurado. Como parte dessa primeira fase deverão participar cerca de 500 mil beneficiários em todo o país.

O Governo Federal espera que aposentados e pensionistas passem a realizar a prova de vida todos os anos usando uma foto ou uma selfie retirando a obrigatoriedade do segurado ter que ir agência bancária.

Para realizar a prova de vida o segurado precisar ter o aplicativo Meu INSS, desde que tenha recebido contato do INSS. Desta forma, vai participar desta primeira fase apenas quem recebeu o contato do INSS. O beneficiário terá acesso exclusivo ao serviço.

O INSS vai usar a base de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para realizar a biometria facial. Desta forma serão selecionados segurados que tenham carteira de motorista e título de eleitor.

Cadastre-se e receba nosso conteúdo

O autor

Denison Duarte

Jornalista formado pela faculdade Estácio Ceut, em Teresina. Lançou em junho de 2013 o site Somos Notícia, em Amarante. Ainda no mesmo ano, foi contratado pelo Sistema Meio Norte de Comunicação como jornalista de Redação. Em 2008 iniciou atividades jornalísticas no mesmo sistema, representando o município de Amarante-PI durante 5 anos e 10 meses. Acesse nosso grupo no Telegram: Somos Notícia, Amarante Piauí E-mail: [email protected]

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados