AMARANTE

Piauí

MPPI inspeciona unidades básicas de saúde do município de Monsenhor Gil

Publicado em

Piauí


A Promotoria de Justiça de Monsenhor Gil e o Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde (Caods) realizaram inspeções nas Unidades Básica de Saúde Mãe Ester e Dona Memena, visando averiguar o funcionamento. Esse trabalho ocorreu de forma híbrida, ou seja, parte por videoconferência e parte presencial.

Antes da vistoria do Ministério Público, técnicos da Diretoria de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde do Estado (Divisa/Sesapi) estiveram nos estabelecimentos de saúde para verificar as condições sanitárias e de funcionamento nas duas unidades. Na UBS Mãe Ester, por exemplo, foram encontradas deficiências estruturais, como mofo e infiltrações e falta de acessibilidade; de funcionamento, como a ausência de sala exclusiva para vacinação; e de medicamentos. Na Dona Memena, foram encontrados alguns problemas, como a ausência de procedimento operacional padrão na farmácia e de registro de manutenção de equipamentos, como dos condicionadores de ar e da caixa d’água da unidade de saúde, além de falta de extintor de incêndio.

O promotor de Justiça de Monsenhor Gil, Rafael Maia Nogueira, ressaltou a importância da execução das inspeções e do aprendizado obtido. Ele afirmou que esse trabalho deverá ser ampliado para outras unidades de saúde de Monsenhor Gil. A promotora de Justiça Karla Daniela Furtado, coordenadora do Caods, destacou que as vistorias e inspeções são promovidas com objetivo de fiscalizar os serviços de saúde prestados à população, visando garantir aos cidadãos o acesso à saúde de qualidade. Ela pontuou, ainda, que as equipes atuam prestando orientações aos gestores dos estabelecimentos de saúde para correção das deficiências encontradas.

Leia Também:  Estudantes do curso de Inglês realizam trabalhos a partir de livros e séries da Netflix

Encaminhamentos

O MPPI vai requisitar da Vigilância Sanitária Municipal e do Conselho Municipal de Saúde (CMS) a elaboração e implementação de um cronograma de visitas às UBS, proporcionando o devido suporte para correção das irregularidades. Os relatórios das visitas deverão ser enviados à Promotoria de Justiça de Monsenhor Gil. O CMS deve, ainda, discutir junto com o Conselho Estadual de Saúde acerca da carência de contrarreferência nas regulações, para que haja monitoramento da unidade básica.

A Secretaria de Saúde de Monsenhor Gil assumiu o compromisso de implementar a utilização dos procedimentos operacionais padronizados – POPs, de dar pleno conhecimento de tais procedimentos a todos os servidores da saúde, e de discutir nas reuniões da Comissão Intergestores Regional (CIR) sobre a carência de contrarreferência nas regulações. A pasta municipal da saúde deve corrigir todas as irregularidades indicadas pela Divisa nos prazos estipulados no relatório de inspeção e adquirir os equipamentos necessários para o funcionamento da UBS.

Com relação à vistoria na UBS Dona Memena, foi definido como será fomentada uma articulação entre as secretarias municipais de Saúde e de Assistência Social para o desenvolvimento de ações voltadas aos cidadãos que estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Leia Também:  Inscrições para eleição de novo defensor público geral foram abertas nesta segunda

Participaram da inspeção os promotores de Justiça Karla Daniela Furtado, coordenadora do Caods, Rafael Nogueira, titular da PJ de Monsenhor Gil, os médicos do MPPI, Celso Pires Filho e Viviane Pompeo, a analista de engenharia civil do MPPI, Carol Mesquita, além de representantes da Divisa/Sesapi, das Gerências de Atenção Básica Municipal e do Estado, da Secretaria e do Conselho Municipal de Saúde de Monsenhor Gil.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Piauí

Piauí vacina 70% da população com a primeira dose contra a Covid

Publicados

em


O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, anunciou, neste sábado (23), que o Piauí atingiu a marca de 70% da população piauiense vacinada com a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A população completamente imunizada com duas doses da vacina ou com a dose única soma 44,43% dos piauienses.

De acordo com o vacinômetro, já foram aplicadas 3.780.269 doses de imunizantes, sendo que destas mais de 2.297.040, são de primeira dose e 1.457.833 de segunda dose e dose única. O Vacinômetro do Estado vem passando por atualizações e apresenta mudanças diariamente em relação à quantidade de vacinas aplicadas, à medida que os dados forem sendo inseridos pelos municípios.

Ao todo, o Ministério da Saúde entregou 4.519.205 milhões de doses ao Estado. A população vem sendo contemplada com vacinas da CoronaVac/Instituto Butantan, AstraZeneca/Oxford, Pfizer/BioNTech e Janssen/Johnson&Johnson, que utiliza apenas uma dose de aplicação para imunização contra o vírus.

O Estado segue com uma logística de distribuição ágil, possibilitando que os lotes encaminhados pelo Ministério da Saúde, cheguem aos municípios com a maior brevidade. “Cada aumento da cobertura vacinal é motivo de comemoração. Quem ainda não se vacinou, deve procurar uma unidade de saúde e se vacinar. O avanço da imunização contra a doença reflete diretamente nos índices de infecção e internamento, que estão cada vez mais baixos”, enfatizou Florentino.

Leia Também:  Estudantes do curso de Inglês realizam trabalhos a partir de livros e séries da Netflix

Nas últimas semanas também estão sendo ampliados os grupos de aplicação de dose reforço (DR), que contempla além de idosos acima de 60 anos, os imunossuprimidos e profissionais de saúde. No estado já foram aplicadas 25.396vacinas em esquema de terceira dose. A aplicação de doses nos adolescentes, da mesma forma, também vem ampliando. Neste grupo, a vacinação no grupo de 12 a 17 anos já passa de 79.017 mil, em 201 municípios.

“Estamos vivendo um momento importante no combate à pandemia, com resultados significativos e animadores. A aplicação das doses de reforço e adicionais, além da imunização dos adolescentes nos demonstram isso. Estamos colhendo o resultado de um trabalho compartilhado entre o Estado, os municípios e o Governo Federal”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA