AMARANTE

POLÍTICA

Marden Menezes propõe piso salarial para os profissionais da Enfermagem no Piauí

Avatar

Publicado em

POLÍTICA


O deputado estadual Marden Menezes (PSDB) apresentou na Assembleia Legislativa do Estado (Alepi), no final do mês de abril, um Projeto de Lei que busca definir um piso salarial para os profissionais da área da Enfermagem no Piauí.

De acordo com o parlamentar, a questão do piso para a categoria não é uma demanda apenas do Estado, e sim do país. “Enfermeiros, auxiliares de enfermagem e parteiras, apresentamos aqui na Assembleia um Projeto de Lei que estabelece um piso salarial para essas categorias. É sabido que há uma luta nacional nesse sentido e entendemos que o Piauí deve fazer a sua parte. Esse projeto começa a tramitar e é necessária a participação e o engajamento de todos vocês. Até porque será uma oportunidade de acompanhar o posicionamento de cada representante político nessa luta”, destacou o deputado em vídeo divulgado nas redes sociais.

Ainda segundo Marden Menezes, o atual salário pago aos profissionais não corresponde à rotina exercida por eles no dia a dia. “Eu estou apoiando, estou firme com vocês, com as minhas palavras, com os meus votos e as minhas ações. Estamos buscando mais apoio para que ao final nós possamos reconhecer a importância desses profissionais que dão sustentação ao SUS, valorizando os seus salários que estão defasados em relação ao serviço e à dificuldade que enfrentam”, finaliza.

Leia Também:  Ministério Público denuncia Assis Carvalho novamente à Justiça Federal

Andréia Sousa – Edição: Katya D’Angelles

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Senado aprova projeto de Ciro que prioriza mulheres vítimas de violência em programas de habitação

Avatar

Publicados

em

O plenário do Senado Federal aprovou, nesta quinta-feira (06), um projeto (PL 4692/2019) do senador Ciro Nogueira (Progressista) que prioriza as mulheres de baixa renda vítimas de violência doméstica em programas de habitação como o Minha Casa, Minha Vida.

Ciro defendeu que, ao facilitar o acesso dessas mulheres à casa própria, elas terão uma nova oportunidade de recomeçar suas vidas em um ambiente seguro, livre de seus agressores. “Acredito que com a autonomia alcançada ao ter seu próprio lar, essas mulheres consigam deixar de vez o ciclo aprisionador de violência”, argumentou.

O senador citou dados do ministério dos Direitos Humanos, divulgados em março deste ano, que revelam que foram registradas 105.821 denúncias de violência contra a mulher nas plataformas do Ligue 180 e do Disque 100 em 2020. Segundo ele, as estimativas do IBGE apontam para cerca de 1,3 milhão de mulheres agredidas dentro de casa a cada ano no Brasil.

“Por não um terem um lugar para fugir ou levar seus filhos, essas mulheres muitas vezes ficavam presas ao agressor”, afirmou. Para ele, os números apontam para a necessidade de aprimoramento das políticas públicas, como forma de dar meios para que as vítimas possam escapar da situação de violência ainda no começo das agressões.

Leia Também:  Partido da República realiza dia 26 II Encontro Regional do PR Mulher, em Regeneração; confira!

O PL 4692/2019 será agora analisado pela Câmara dos Deputados.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA