Menu...

14 de dezembro de 2017

Talibã paquistanês enterra líder em segredo e promete vingança2


Hospital de Olhos
DERA ISMAIL KHAN/WANA, Paquistão,2 Nov (Reuters) – Combatentes do Talibã paquistanês enterraram em segredo o líder do grupo neste sábado depois de ele ser morto por um avião não-tripulado norte-americano.

Os militantes rapidamente se mobilizaram para substituí-lo e prometeram uma série de ataques suicidas em represália.

O governo paquistanês classificou a morte de Hakimullah Mehsud como uma tentativa dos Estados Unidos de prejudicar conversas de paz, e alguns políticos exigiram que, em resposta, as linhas de suprimentos aos EUA para o Afeganistão sejam cortadas.

Mehsud, que tinha uma recompensa de 5 milhões de dólares pela sua cabeça, e três outras pessoas foram mortas na sexta-feira no reduto militante de Miranshah, no noroeste do Paquistão, informaram fontes de segurança e membros do grupo.

O veículo de Meshud foi atingido após ele participar de um encontro de líderes do Taliban.

Seu guarda-costas e o motorista também morreram.

Ele foi secretamente enterrado nas primeiras horas do dia, por alguns parceiros de militância, em meio a temores de que o funeral pudesse ser atacado novamente por aviões norte-americanos, disseram militantes e fontes de segurança.

"Cada gota do sangue de Hakimullah que caiu se tornará um homem-bomba", afirmou Azam Tariq, um porta-voz do Taliban paquistanês. "A América e seus amigos não deveriam ficar felizes, porque nos vingaremos do sangue de nosso mártir."

Paquistaneses queimam bandeira dos Estados Unidos em protesto contra a morte do líder dos talibãs do Paquistão, Hakimullah Mehsud, neste sábado (2). O chefe da Tehrik-e-Talibã Paquistão (TTP) e os outros quatro insurgentes morreram na sexta-feira em ataque efetuado por drone (avião não-tripulado) norte-americano Leia mais S. S Mirza/AFP

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE