Menu...

18 de junho de 2018

Fotojornalista indiana é vítima de estupro coletivo em Mumbai


Hospital de Olhos
Uma jovem fotojornalista indiana foi estuprada por cinco homens ao fazer uma reportagem para uma revista estrangeira na cidade indiana de Mumbai, informou nesta sexta-feira uma fonte policial. A agressão ocorreu no fim da tarde de quinta-feira em um complexo têxtil abandonado conhecido como Shakti Mills no bairro de Mahalaxmi da metrópole financeira, contou o policial à agência Ians.

A mulher, 22 anos, estava com um companheiro de trabalho que foi agredido e amarrado com uma corda enquanto pelo menos três dos cinco homens se revezavam estuprando a fotógrafa. Os agressores fugiram após o crime e as autoridades já detiveram cinco suspeitos.

Desde o fim de 2012, a Índia vem se chocando mais intensamente com os contínuos casos de violência sexual que chegaram às capas da imprensa local e internacional. Os escândalos chegaram a afetar os números do turismo internacional na Índia, segundo dados oficiais e de operadores turísticos, e as autoridades modificaram o Código Penal para endurecer as penas contra condenados por violação.

Comente aqui

consequat. libero. neque. felis sit at id,