Menu...

Última Notícia

17 de dezembro de 2017

Copiloto do A320 comprou dois carros dias antes do acidente


Hospital de Olhos

O copiloto do avião que caiu nos Alpes Franceses na última terça-feira (27) , Andreas Lubitz – acusado de ter sido responsável pela queda da aeronave – tinha comprado dois carros dias antes do acidente: uma para ele e outro para sua namorada. As informações são do Daily Mail.

O copiloto do voo da Germanwings, Andreas Lubitz, em foto de arquivo tirada durante meia maratona em 2009. 12/09/2009
Foto: Foto-Team-Mueller / Reuters
Segundo a publicação, o copiloto de 28 anos tinha comprado dois Audis e planejava entregar um deles para a sua namorada, que vivia junto com ele.

Apesar do presente, Lubitz e sua parceira sofriam um problema no relacionamento e há suspeitas de que o namoro tivesse acabado antes do acidente.

Aliado a isso, Lubitz tinha dois atestados médicos que comprovavam que ele deveria ser afastado do emprego. O suspeito estava passando por um tratamento psiquiátrico relacionado à depressão .

No entanto, Lubitz escondeu os atestados e seus problemas dos seus colegas de trabalho e dos seus empregadores.

O Hospital Universitário Dusseldorf confirmou que o jovem foi paciente da clínica durante os dois últimos meses, mas não revelou a condição de saúde dele.

Saiba principais novidades sobre queda de avião na França
Além disso, a polícia disse que não encontrou nenhum bilhete ou indícios de que Lubitz tivesse intenções de cometer suicídio.

O acidente
O avião Airbus A320 da companhia aérea Germanwings caiu nesta terça-feira (24) na região dos Alpes franceses, perto da cidade de Barcelonnette, a cerca de 100 quilômetros ao norte de Nice. A aeronave carregava 144 passageiros e seis tripulantes. Segundo o presidente francês François Hollande, não há possibilidade de sobreviventes.

Equipes de resgate começam a chegar ao local da queda nos Alpes franceses, perto da cidade de Barcelonnette, a cerca de 100 quilômetros ao norte de Nice

O voo 4U9525 saiu de Barcelona, Espanha, em direção à cidade alemã de Düsseldorf, e desapareceu após 46 minutos da decolagem, por volta das 11h locais, após emitir mensagem de socorro. Equipes de resgate foram encaminhadas ao local, de difícil acesso.

Fonte: Terra


Tags: ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE