3:11 pm - domingo novembro 23, 5310

Americano tem apagão de memória e acorda em hotel falando sueco

Edição e postagem: Denison Duarte, em 24-08-2013 00:41 | Última modificação: 24-08-2013 00:41
Hospital de Olhos

Um americano que acordou em um hotel sem memória tenta descobrir quem ele é. Há sete meses, Michael Boatright acordou em um hotel em Palm Springs, na Califórnia, sem nenhuma lembrança e sem saber o que estava fazendo ali. Apesar de ser americano, ele só conseguia falar sueco.

No hospital onde foi internado, deu o nome de Johan Ek. As autoridades encontraram com ele documentos que mostravam o verdadeiro nome e que ele era ex-combatente das Forças Armadas dos Estados Unidos. Acharam também uma foto com uma mulher oriental e várias crianças.

Com a ajuda de uma funcionária do hospital, que criou uma página em uma rede social, amigos de várias partes do mundo mandaram mensagens para tentar reavivar a memória de Michael, que foi diagnosticado com um tipo de amnésia muito raro. Segundo os médicos, a doença pode ter sido causada por um trauma físico ou emocional.

Para tentar descobrir seu passado, o americano foi à Suécia, onde foi recebido por uma ex-namorada que ele não faz a menor idéia de quem seja. Michael morou na Suécia na década de 80 e depois se mudou para o Japão, onde teria casado com uma japonesa e teria tido um filho. Ele também morou na China. Uma irmã já o reconheceu pela internet, mas não há sinal da mulher e do filho.

Apesar de já conseguir falar inglês, Michael se sente bem à vontade falando sueco e, por isso, pretende começar a reconstruir a sua história e a sua memória no país.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE