AMARANTE

PIAUÍ

Hospital de Picos vai receber 20 novos leitos clínicos para pacientes com Covid-19

Avatar

Publicado em

PIAUÍ


O Centro de Parto Normal do Hospital Justino Luz, em Picos, vai receber 20 leitos clínicos para pacientes com Covid-19 a fim de desafogar a área hospitalar, que opera no limite devido à pandemia. Nesta quarta-feira (7), o presidente da Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares, Ítalo Rodrigues, acompanhado da diretora financeira Natália Monteiro e do deputado estadual Pablo Santos, fez uma visita técnica ao local.

Os novos leitos terão ventilação mecânica não invasiva para pacientes que não estejam em situação grave, mas que precisem de ventilação. “Isso vai evitar que o paciente não evolua para um quadro mais grave e precise de UTI”, destaca o diretor administrativo da Fepiserh, Igor Cavalcante.


A diretora financeira, Natália Monteiro, afirma que a instituição vai garantir os recursos para a instalação dos novos leitos e que o hospital já está recebendo a estrutura necessária.

O presidente da Fepisrh, Ítalo Rodrigues, destaca que essa é mais uma ampliação feita pelo órgão para aumentar a capacidade do estado para atender pacientes com covid-19. “Temos dois importantes hospitais no estado, o HGV e o Justino Luz, operando com todos os esforços para atender a demanda da população. A situação pandêmica é grave e exige união de esforços entre os órgãos de saúde e a população”, afirma o presidente.

Leia Também:  Estudantes da rede estadual são premiados na Olimpíada Nacional de Ciências (ONC)

A equipe também fez uma inspeção nas obras do CPN e na casa da gestante, que deve ser inaugurada em breve.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PIAUÍ

Coordenadora da Cendrogas destaca trabalho de associação que acolhe moradores de rua há mais de 12 anos em Teresina

Avatar

Publicados

em


A coordenadora estadual de Enfrentamento às Drogas do Piauí, Cida Santiago, parabenizou a Associação Beneficiente São Paulo Apóstolo (Abespa), entidade mantenedora da Pastoral do Povo da Rua da Arquidiocese de Teresina, que completou doze anos de sua fundação, na última quinta-feira (8). A Cendrogas é parceira da associação que tem por finalidade a promoção de ações de abordagem social, prevenção, habilitação, tratamento e reabilitação da população em situação de rua e dependentes químicos, possibilitando sua inclusão na vida social.

Cida Santiago ressaltou a importância da Abespa. “Este é um momento de agradecer pelo brilhante serviço realizado por padre João Paulo e toda equipe que faz a Abespa. É um trabalho de grande relevância porque busca, principalmente, resgatar a dignidade da pessoa humana. Nesse caso, a população em situação de rua”, destacou a coordenadora.

A Abespa foi fundada na Paróquia de Nossa do Amparo e teve como um dos primeiros colaboradores o padre Amadeu Matos, que agradeceu a todos que ajudaram no fortalecimento da entidade e no acolhimento dos moradores de rua. “Eu vejo este crescimento como uma bênção, no sentido de que o nosso Senhor Jesus Cristo foi mostrando para nós que o amor de Deus é o amor que cuida dos seres humanos. No evangelho de João, é tido que Deus tanto amor que deu a nós o seu filho Jesus Cristo. Então, queremos continuar essa missão de amar como Ele nos amou”, pregou.

Leia Também:  Vendedor é encontrado morto e em decomposição próximo a riacho no PI

“Para isso, temos essas iniciativas a partir da necessidade dos irmãos. Imaginar que a gente encontrava no Centro de Teresina pessoas carentes de acolhimento, limpeza, alimentação ou esperança. Então, a Pastoral é uma prestação de serviço humilde, no sentido de dizer ‘eu quero ajudar você’”, acrescentou o sacerdote.

O atual coordenador da Pastoral do Povo da Rua, padre João Paulo Carvalho, tem a expectativa de aumentar o total de pessoas atendidas. “Iremos ampliar os nossos projetos sociais. Vamos dobrar o número de acolhidos, passando de 25 para 50”, afirmou.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA