AMARANTE

Piauí

Hemopi lança desafio para coletar 4.000 bolsas de sangue em 30 dias

Publicado em

Piauí


Quem trafegou, nessa segunda-feira (14), pela ponte Juscelino Kubitschek, uma das principais vias de tráfego de Teresina, deve ter notado uma placa gigante em formato de gota fixada em uma das entradas de acesso à via central da ponte. O símbolo faz parte de uma ação do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) a fim de incentivar as doações de sangue.

O dia 14 de junho foi escolhido para o lançamento da ação, que tem como meta coletar 4.000 bolsas de sangue em 30 dias, por ser o Dia Mundial do Doador Voluntário de Sangue.

“A cada mil bolsas coletadas, a gota vai sendo preenchida de vermelho. Sabemos que o piauiense é solidário e vai nos ajudar a cumprir essa meta”, explica o diretor do Hemopi, Jurandir Martins.

Por conta da pandemia, as doações de sangue em todo o estado sofreram uma redução de 30% no ano de 2020. Como único hemocentro do Piauí, o Hemopi vem tentando chamar atenção para importância de manter o banco de sangue sempre abastecido, já que é responsável por abastecer toda a rede pública hospitalar e parte da rede privada.

Leia Também:  Operação Rivales da Polícia Civil prende grupo criminoso com droga, armas e munições em Teresina

“Estamos comemorando o Junho Vermelho e ao longo deste mês serão feitas várias ações de conscientização da população sobre a importância de doar sangue de forma regular e também reforçar o nosso estoque em todas as quatro unidades de coleta do Piauí – Teresina, Parnaíba, Floriano e Picos”, esclarece Jurandir Martins.

Para reforçar a ação e ajudar no cumprimento desta meta, está sendo veiculado um VT nas principais emissoras de televisão do estado e também material publicitário em sites e rádios.

Semana do Doador de Sangue

Ao longo do mês, o Hemopi vai receber vários grupos para doarem sangue, tanto na capital quanto nas unidades do interior. Um dos parceiros deste Junho Vermelho será a Associação Piauiense de Boxe Amador e Profissional (Fepibap), que está convocando seus atletas federados e os instrutores para realizar essa ação social em parceria com o Hemopi.

“O Conselho Mundial de Boxe abraçou esta pauta da doação de sangue e as federações abraçaram essa campanha social. Estamos chamando os atletas federados e os instrutores para acompanhar a Semana do Doador, incentivando a doação e mostrando que o boxe piauiense também é ativo em causas sociais. A nossa meta é trazer 25 atletas para doar sangue ao longo da semana”, explica João Pedro, que é doador de sangue desde a adolescência. Ele conta que a ação da Fepibap vai incentivar a campanha se em Parnaíba, cidade onde mora o vice-presidente da associação, que é enfermeiro e também vai contribuir com a campanha.

Leia Também:  Piauí será pioneiro com primeiro Centro de Música Eficiente

E não é só o pessoal do boxe que está engajado nesse Junho Vermelho. A Semana do Doador encerra no sábado, 19 de junho, com o Projeto Pedalando pela Vida, uma parceria entre 15 clubes de ciclismo da capital e o Hemopi. Na programação está incluso um passeio ciclístico simbólico na avenida Raul Lopes, às 8h, e a Unidade Móvel de coleta de sangue está na Ponte Estaiada de 8h30 às 17h para atender aos candidatos à doação de sangue que quiserem contribuir com o Hemopi.

Fonte: Ascom Hemopi
Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Piauí

Comunidade Terapêutica apoiada pela Cendrogas realiza graduação de acolhidos

Publicados

em


A Comunidade Terapêutica Nos Braços do Pai, mantida pela Associação Beneficente O Bom Samaritano e credenciada ao governo estadual por meio da Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas (Cendrogas), realizou, neste sábado (24), a graduação de três acolhidos. A parceria entre a entidade e Estado tem como objetivo promover o tratamento da dependência química e dar novamente dignidade aos assistidos.

“A Cendrogas é um órgão do Governo do Estado que trabalha com essas parcerias e esta comunidade tem nos dado o grande prazer de resgatar vidas para a sociedade”, definiu Cida Santiago, coordenadora geral de Enfrentamento às Drogas do Piauí.

O diretor da Comunidade Terapêutica, Diego Veloso, ressalta o alcance da parceria. “A parceria com a Cendrogas existe desde 2017 e foi algo que fortaleceu muito a Comunidade Terapêutica e nos permitiu alcançar mais pessoas, ajudando com mais dignidade aqueles que nos procuram”, finalizou destacou.

Fonte: Ascom Cendrogas
Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Menor é apreendido pela PRF com moto roubada no interior do Piauí
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA