AMARANTE

PIAUÍ

Governo do Estado pavimenta via que liga Rio Grande do Piauí a Pavussu

Avatar

Publicado em

PIAUÍ


O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans), executa obras da rodovia PI-248, que liga as cidades de Rio Grande do Piauí a Pavussu. Estão sendo investidos mais de R$ 5 milhões, recursos oriundos da operação crédito com o BNDES. A conclusão dos serviços está prevista para o mês de junho deste ano.

O governador Wellington Dias comemora o andamento das obras que vai permitir a ligação asfáltica de um dos últimos municípios que precisava receber esta melhoria. “Um dia sonhei com todos os municípios do Piauí integrados por asfalto. Era um sonho impossível para muitos, não para mim. Pois sabia que eu não sonhava só. Eram apenas 66 municípios de 224 com asfalto e trabalhamos juntos. Muitas mãos e muitas lutas e hoje Pavussu é o município de número 223 com asfalto. Logo logo irei lá inaugurar esta obra do PRO Piauí. E estamos recuperando toda a malha viária do estado”, ressalta o gestor.

O superintendente da Secretaria dos Transportes, Gustavo Aquino, explica que estão sendo pavimentados 25,6 km da via. “A obra tem como principal objetivo a melhoria das condições de tráfego, uma vez que o município de Pavussu é uma região produtora importante. Os investimentos irão garantir mais segurança aos condutores e moradores que residem às margens da rodovia”, destacou Aquino.

Leia Também:  Idepi rebaixa sangradouro para evitar rompimento de barragem no Piauí

A ação faz parte do planejamento do Governo do Estado para melhorar os principais corredores de tráfego do Piauí, por meio do programa de investimentos PRO Piauí.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PIAUÍ

Defensoria torna pública Resolução com regulamento do concurso para ingresso na carreira de Defensor Público

Avatar

Publicados

em


Instituição fará concurso em 2021

O Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Piauí tornou pública a Resolução CSDPE Nº 141/2021, de 06 de maio de 2021, que aprovou o regulamento do IV Concurso para Ingresso na Carreira de Defensor Público do Estado do Piauí. A referida Resolução está publicada no Diário oficial do Estado Nº 92, de 7 de maio de 2021.

De acordo com a Resolução CSDPE Nº 141/2021, será constituída Comissão que se incumbirá  de todas as providências necessárias à realização do concurso, que será divulgado por meio de Edital publicado no Diário Oficial do Estado.

Todos os atos relativos ao andamento do concurso serão divulgados no site da Defensoria Pública www.defensoria.pi.def.br, assim como da empresa/entidade contratada para organizar o certame, também serão publicados no Diário Oficial do Estado pela Comissão Organizadora, que será presidida pelo defensor público geral.

Além do presidente, três membros da Defensoria Pública, indicados pelo Conselho Superior, integrarão a Comissão que contará ainda com um advogado titular e um suplente, indicados pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí.

Leia Também:  Táxi pega fogo durante fuga de bandidos em assalto a taxista no Piauí

O Edital de Abertura do Concurso para ingresso na carreira de defensor público do Piauí indicará, obrigatoriamente o número de vagas a serem preenchidos na carreira inicial; os programas sobre os quais versarão as provas; os critérios para avaliação das provas e dos títulos; o prazo para as inscrições provisórias, que não poderá ser inferior a 30 (trinta) dias; as demais determinações, condições ou exigências necessárias para a condução adequada do concurso. O referido Edital será publicado com antecedência mínima de 30 (trinta) dias antes da realização das provas.

O Edital também regulamentará a inscrição, participação e nomeação,  pelo  sistema  de  reserva  de  vagas,  para  as  pessoas  com deficiência, negras, quilombolas e indígenas, assegurando ainda  a  possibilidade  de  uso  do  nome  social  à travestis, transexuais e transgêneros durante o concurso,  entendendo-se por nome social  o  nome  adotado  pela  pessoa,  pelo  qual  se  identifica  e  é identificada na comunidade. Nesse caso específico, a pessoa interessada deverá indicar seu nome social no formulário de inscrição e este será  o único nome a ser divulgado em toda e qualquer publicação referente ao certame, devendo ser mantida em rigoroso controle interno a correlação entre o nome civil e o nome social da candidata ou candidato.

Leia Também:  Idosos passam a ter gratuidade em transporte intermunicipal no Piauí após sanção da Lei 7.056

A Resolução pode ser conferida na matéria no site da Defensoria Pública: www.defensoria.pi.def.br

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA