AMARANTE

PIAUÍ

Governador e secretário da Educação visitam obras do CETI Pedra Mole

Avatar

Publicado em

PIAUÍ


O governador Wellington Dias e o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, visitaram, nesta quarta-feira (24), as obras do Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Residencial Pedra Mole, localizado no bairro Pedra Mole, zona leste de em Teresina. Com mais de 70% da obra de reforma concluída, o Ceti está entre as escolas da rede estadual que recebem os investimentos do PRO Piauí Educação.

Segundo Ellen Gera, estão sendo aplicados recursos no valor de R$ 988.179,02 para completa reforma e ampliação, o que levará mais conforto aos estudantes e professores. “A obra contempla a escola com ampliação e construção de refeitório, cozinha, depósito, mais duas salas de apoio, mais dois banheiros com acessibilidade, além de reforma de todas as salas de aula já existentes, revestimento de paredes e recuperação de todo o piso da unidade”, afirma.

A diretora da escola, Carla Daiane esclarece que a instituição de ensino oferta Ensino Médio nas modalidades Regular e Educação de Jovens e Adultos (EJA). “Com a reforma, a escola ampliará a oferta de vagas na região. É um sonho realizado para toda a comunidade. Nós tínhamos uma média de 320 alunos e agora esse número poderá chegar a mais de 450″, completa.

Leia Também:  Grave acidente deixa três mortos na BR-316, próximo a Demerval Lobão

A unidade oferta Projetos do Pré-Enem para alunos e a comunidade. Outra boa iniciativa é o Projeto Professor Padrinho, em que cada turma tem um professor responsável para levar sugestões e novos projetos, fazendo a ligação com as outras turmas, bem como fazer um melhor acompanhamento de sua turma.

“Essa e outras ações vêm melhorando bastante os resultados da escola nas avaliações externas como o SAEB, por exemplo, e aumentado bastante as aprovações no Enem”, relata ainda a gestora da escola.

Para o governador Wellington Dias, os investimentos do PRO Piauí Educação vão permitir à educação do estado dar um salto de qualidade. “Nosso desejo é dar as condições para oferecer ensino médio e técnico, profissionalização presencial ou com mediação tecnológica, com laboratório, biblioteca, ensino de línguas e tudo que for necessário para uma educação de altíssima qualidade”, pontuou o chefe do Executivo estadual.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

PIAUÍ

Coordenadora da Cendrogas destaca trabalho de associação que acolhe moradores de rua há mais de 12 anos em Teresina

Avatar

Publicados

em


A coordenadora estadual de Enfrentamento às Drogas do Piauí, Cida Santiago, parabenizou a Associação Beneficiente São Paulo Apóstolo (Abespa), entidade mantenedora da Pastoral do Povo da Rua da Arquidiocese de Teresina, que completou doze anos de sua fundação, na última quinta-feira (8). A Cendrogas é parceira da associação que tem por finalidade a promoção de ações de abordagem social, prevenção, habilitação, tratamento e reabilitação da população em situação de rua e dependentes químicos, possibilitando sua inclusão na vida social.

Cida Santiago ressaltou a importância da Abespa. “Este é um momento de agradecer pelo brilhante serviço realizado por padre João Paulo e toda equipe que faz a Abespa. É um trabalho de grande relevância porque busca, principalmente, resgatar a dignidade da pessoa humana. Nesse caso, a população em situação de rua”, destacou a coordenadora.

A Abespa foi fundada na Paróquia de Nossa do Amparo e teve como um dos primeiros colaboradores o padre Amadeu Matos, que agradeceu a todos que ajudaram no fortalecimento da entidade e no acolhimento dos moradores de rua. “Eu vejo este crescimento como uma bênção, no sentido de que o nosso Senhor Jesus Cristo foi mostrando para nós que o amor de Deus é o amor que cuida dos seres humanos. No evangelho de João, é tido que Deus tanto amor que deu a nós o seu filho Jesus Cristo. Então, queremos continuar essa missão de amar como Ele nos amou”, pregou.

Leia Também:  Água Branca e Palmeirais estão na mira do MP por irregularidades no programa Bolsa Família

“Para isso, temos essas iniciativas a partir da necessidade dos irmãos. Imaginar que a gente encontrava no Centro de Teresina pessoas carentes de acolhimento, limpeza, alimentação ou esperança. Então, a Pastoral é uma prestação de serviço humilde, no sentido de dizer ‘eu quero ajudar você’”, acrescentou o sacerdote.

O atual coordenador da Pastoral do Povo da Rua, padre João Paulo Carvalho, tem a expectativa de aumentar o total de pessoas atendidas. “Iremos ampliar os nossos projetos sociais. Vamos dobrar o número de acolhidos, passando de 25 para 50”, afirmou.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA