3:11 pm - sábado novembro 25, 5352

Tumulto em cadeia no Maranhão deixa 13 presos mortos e 20 feridos

Edição e postagem: Denison Duarte, em 10-10-2013 02:13 | Última modificação: 10-10-2013 02:20
Hospital de Olhos

Pelo menos 13 presos morreram e cerca de 30 ficaram feridos em um tumulto dentro da Cadet (Casa de Detenção) de Pedrinhas, em São Luís, na noite desta quarta-feira (9). Ao todo, já são 18 mortes registradas neste mês no complexo, que conta com aproximadamente 600 presos.

A Secretaria de Estado da Comunicação informou no final da noite que a confusão teria começado em consequência da guerra de facções no presídio e do desmonte do grupo conhecido como “Bonde dos 40”, um dos maiores do estado. Já a versão apresentada pela Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária do Maranhão é que o tumulto teria começado após a descoberta de um túnel no pavilhão 2 da unidade, com a revolta dos presos após tentativa de vistoria dos agentes.

De acordo com a Secretaria de Estado da Comunicação, 16 integrantes do grupo foram presos esta semana em ação da polícia em São Luís.

Agentes penitenciários também se envolveram na confusão, mas não há relato de nenhum ferido. A Tropa de Choque da Polícia Militar foi acionada e está no presídio para tentar conter os presos. O clima ainda é tensão no local.

Ônibus são atacados na cidade
Uma série de ataques a ônibus foram registrados nesta noite em São Luís, segundo o Centro Integrado de Operações de Segurança. Ainda não está confirmada a quantidade de veículos atacados, nem se os ataques têm ligação com a rebelião na Cadet.

Pelas redes sociais, os internautas relataram ataques. “Ônibus incendiado no Monte Castelo e S. Cristóvão”, disse Joel Jacintho. “Outro ônibus está sendo queimado neste momento no bairro do Maracanã na BR-135 em São Luís”, informou Diego Emir. “Ônibus coletivos incendiados nos bairros da Cohab, Turu, Monte Castelo com agressões a passageiros”, complementou Jonh Cutrim.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE