Menu...

Última Notícia

12 de dezembro de 2017

Polícia identifica mais cinco envolvidos no linchamento no Guarujá


Hospital de Olhos

A polícia do Guarujá conseguiu identificar até a tarde desta quarta-feira, 7, mais cinco pessoas que participaram do linchamento da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos. Ela foi morta depois de ser violentamente agredida por moradores da comunidade de Morrinhos 1, onde ela morava, ao ser confundida com uma suposta sequestradora de crianças.

Segundo o delegado Luís Ricardo Lara Dias Júnior, do 1º Distrito Policial de Vicente de Carvalho, onde foi registrada a ocorrência, a prisão dessas pessoas deverá acontecer nas próximas horas.

Durante visita ao Guarujá, onde entregou uma maternidade instalada no Hospital Santo Amaro, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) classificou o episódio de “um ato de barbaridade”. “Foi um fato muito triste”, disse, ao manifestar a sua solidariedade com a família da vítima. “É inadmissível um ato de barbaridade como esse, tirando a vida de uma pessoa que não tinha nada a ver com a desconfiança da população, até porque tudo não passou de um boato.”

Além de tentar identificar as pessoas que participaram do linchamento, por meio dos vídeos feitos por cinegrafistas amadores, a polícia ouviu nesta quarta-feira duas testemunhas que aparecem nas imagens, mas que não atuaram na violência contra a dona de casa. Uma mulher informou que a fúria da população começou quando Fabiane tentava brincar com uma criança e ofereceu uma fruta para um garoto. Foi nesta hora, segundo informou, que as pessoas começaram a gritar “é a bruxa”, agredindo a vítima com paus e pedras. Ela afirmou ainda que a Bíblia que a dona de casa carregava foi confundida com um suposto livro preto de magia negra.

O eletricista Valmir Dias Barbosa, de 48 anos, foi preso na noite de terça-feira, 6, como o principal suspeito da agressão contra Fabiane, já que ele aparece no vídeo dando um golpe na cabeça da mulher com um pedaço de madeira. Segundo a polícia, ele confessou a autoria do ataque. “Não só eu, mas umas cem pessoas participaram do linchamento”, afirmou, destacando que todo mundo falava da presença da sequestradora, que estaria capturando crianças para rituais de magia negra. “Tenho três filhos e achei que os comentários sobre a bruxa eram verdadeiros.”

Fonte: Ir para página inicial do MSN

Tags: , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE