Menu...

17 de dezembro de 2017

Bebê nasce depois de ter sido apontado como morto no útero. Erro foi atribuído ao excesso de peso da mãe


Hospital de Olhos

No dia do parto, seu esposo, já no hospital, temeu que sua mulher havia morrido quando viu uma movimentação muito grande de médicos e enfermeiros na sala de cirurgia. Entretanto, o que estava realmente acontecendo, contrariando todos os médicos, é que Ellen estava dando a luz à Eliza, uma criança viva e saudável.

Apesar dessa reviravolta, os médicos ainda chegaram a culpar a mãe de estar acima do peso e ter atrapalhado a precisão no diagnóstico. O Wexham Park Hospital, em Berkshire, pediu sinceras desculpas ao casal. Na verdade, o erro ocorreu no momento em que o ultra-sonografista, especialista em fazer ultra-som, não estava presente, e outra pessoa não especializada teve de analisar as imagens.

Eliza passou seis dias na unidade de cuidados especiais, enquanto a mãe, Bellamy, passava por várias transfusões de sangue. Eliza não teve maiores consequência, mas os pais afirmam que a sua sobrevivência foi “pura sorte”.

Um porta-voz da rede de hospitais disse: “Pedimos desculpas sem reservas em relação aos aspectos dos cuidados da Sra. Bellamy, que decaiu tendo em vista nossos padrões habituais. Um incidente grave foi levantado e valiosas lições foram aprendidas. Entendemos que esse foi um momento traumático e penoso para a Bellamy e sua família, mas vamos continuar acompanhando o desenvolvimento da nova mãe e de sua filha”.

Fonte: JC


Tags: , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE