Menu...

11 de dezembro de 2017

Alunos da zona rural estão sem estudar por falta de transporte escolar


Hospital de Olhos
De acordo com os moradores do povoado Altos, localizado na BR 316, há mais de um mês o transporte escolar dos alunos não é realizado. Por esse motivo, os mesmos estão perdendo aulas e correndo o risco de ter o ano letivo prejudicado.

A lavradora Maria da Conceição é uma das mães que tem demostrado preocupação com esse tipo de problema. Ela possui dois filhos que estudam em Caxias. Porém, há exatamente um mês eles deixaram de frequentar as aulas.

Para tentar sanar o problema, os pais dos alunos precisam desembolsar diariamente cerca de R$10,00 por cada criança, somando um total de R$ 200,00 por mês só de passagem. Muitos outros pais não tem condições de pagar. Para estes, não resta outra solução a não ser deixar os filhos fora da escola.

Aldeir Lopes, que trabalha como lavrador, leva todos os dias os seus dois filhos em uma motocicleta para a escola que localizada em Caxias. São mais de 10 quilometros percorrido em uma BR, arriscando a vida para garantir o estudo de seus filhos.

“O transporte escolar que deveria pegar os alunos em suas residencias, só vem até certo trecho. Assim as nossas crianças precisam caminhar cerca de dois quilômetros se quiserem ir até a escola”, queixa-se ele.

De acordo com o Portal da Transparencia, somente este ano foram destinados para Caxias R$ 264.000,00 para o Apoio ao Transporte Escolar para a Educação Básica – Caminho da Escola.

Radar Financeira

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE