AMARANTE

POLÍTICA

Franzé Silva debate a criação de sistema para recenseamento de pessoas com deficiência

Avatar

Publicado em

POLÍTICA


A Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência do Piauí (Seid), em parceria com o deputado estadual Franzé Silva (PT), realizou, nesta quarta-feira (31), reunião virtual para tratar sobre a viabilidade de criação de sistema, por meio da Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI), para realização do recenseamento sobre as pessoas com deficiência no Estado.

De acordo com o secretário da Seid, Mauro Eduardo, o Piauí carece do recenseamento, uma vez que, pelo fato de o último censo realizado pelo IBGE datar de 2010, uma década atrás, há dificuldade de informações mais precisas sobre a situação de vida das pessoas com deficiência, prejudicando o desenvolvimento e execução de programas e ações para esse público.

“O novo censo irá nos auxiliar nas ações e projetos para melhorar a vida das pessoas com deficiência no nosso Estado. O objetivo da reunião, portanto, é pensar um programa que nos dê condições de fazer o recenseamento e cadastramento de informações desse público, sabendo onde estão, quem são, se recebem algum benefício, qual idade, entre outros dados”, explicou Mauro Eduardo.

O deputado Franzé Silva – autor da lei estadual que garante a pessoas com deficiência no Piauí prioridade na vacinação contra Covid-19 (Lei Nº 7.476 /2021) – observa que, quando da execução dessa lei, o recenseamento se mostrou mais necessário, de modo a garantir ao Estado, informações claras sobre a situação desse público em todos os municípios.

“Um programa de recenseamento, por meio da ATI, sobretudo em meio à pandemia que estamos vivenciando, nos dará segurança sobre o quantitativo e qualitativo das pessoas com deficiência, de modo que poderemos expandir projetos e ações e assegurar a implementação de políticas públicas direcionadas. O censo nos dará, portanto, essa visão para um instrumento de política direcionada”, ressalta Franzé.

A promotora de Justiça Marlúcia Gomes Evaristo, da 28ª Promotoria de Justiça de Teresina, destaca que a iniciativa “é extremamente importante, pois não há como fazer política pública sem conhecer o público que necessita dessa política. Só com o censo, poderemos trabalhar a vacinação da pessoa com deficiência, a inserção mercado trabalho, reabilitação, transporte, educação etc”.

O diretor da ATI, Antônio Torres, explica que a Agência está estudando a criação de plataforma rápida e acessível, para que as pessoas possam preencher as informações com a maior quantidade de dados possível. “Essa é uma ideia maravilhosa, pioneira. A ATI está, portanto, colaborando com essa parceria e vamos criar a plataforma de um site mais rápida e acessível, para executarmos de forma adequada”.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  STF pode ter de rever penas aplicadas a réus do mensalão
Propaganda

POLÍTICA

Escola do Legislativo abre inscrições para pós-graduações com aulas remotas

Avatar

Publicados

em




A Escola do Legislativo Professor Wilson Brandão está com inscrições abertas para Pós-Graduações nas áreas de Direito, Comunicação, Administração, Contabilidade, Educação e Administração. As aulas vão funcionar de forma remota, como forma de evitar o contágio pela COVID-19.

“Procuramos sempre trazer novidades, observando a evolução do mercado, assim como o anseio dos alunos. No momento, as aulas permanecem de forma remota para que possamos evitar o contágio pela COVID-19. Intensificamos a participação de professores de renome nacional, contribuindo para enriquecer ainda mais os debates durante as aulas”, reforça Socorro Barreto, coordenadora das Pós-Graduações da Escola do Legislativo.

Os interessados devem levar a cópia do RG, CPF, comprovante de residência, diploma de graduação, foto 3×4 e comprovante de pagamento da inscrição para a coordenação da Escola do Legislativo, localizada no prédio da Assembleia Legislativa. Mais informações: 3133-3350/ 99990-1366. Instagram: @posgraduacaoalepi 

PÓS-GRADUAÇÕES COM INSCRIÇÕES ABERTAS
Inscrição: R$50,00

Concessões e Parcerias Público-Privada
Mensalidade: 16 x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Comunicação, Marketing e Mídias Digitais
Mensalidade: 16 x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Leia Também:  Lula diz que, se for necessário, será candidato à Presidência em 2018

Direito Penal e Processo Penal
Mensalidades: 16 x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Gestão de Serviços em Saúde
Mensalidades: 16 x R$210,00
Encontros mensais
Sexta, sábado e domingo
 
Direito Notarial e Registral
Mensalidades: 16 x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Direito Civil e Processo Civil
Mensalidades: 16x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Trabalho e Previdenciário
Mensalidades: 16 x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Direito Tributário e Planejamento Tributário
Mensalidades: 16x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Direito Médico e Proteção Jurídica a Saúde
Mensalidades: 16x R$250,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Licitações e Contratos
Mensalidades: 16x R$210,00
Encontros quinzenais
Segunda, terça e quarta

Contabilidade, Finanças e Orçamento Público
Mensalidades: 16x R$200,00
Encontros quinzenais
Segunda, terça e quarta

Auditoria, Controladoria e Compliance no Setor Público
Mensalidades: 16x R$200,00
Encontros quinzenais
Segunda, terça e quarta

Direito Administrativo e Constitucional
Mensalidades: 16x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Gestão Estratégica de Pessoas e Coaching
Mensalidades: 16x R$200,00
Encontros quinzenais
Segunda, terça e quarta

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA