AMARANTE

ESPORTES

Fluminense e Vasco empatam pelo Carioca após segundo tempo movimentado

Avatar

Publicado em

ESPORTES


O primeiro Clássico dos Gigantes da temporada 2021 terminou sem vencedor. Nesta quarta-feira (30), Fluminense e Vasco ficaram no 1 a 1 no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), na abertura da sétima rodada do Campeonato Carioca. O duelo foi disputado no interior do estado do Rio de Janeiro devido à restrição aos jogos de futebol na capital, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O empate não foi bom para ninguém. O Tricolor é o décimo colocado, com dez pontos, podendo ser ultrapassado por Botafogo ou Madureira e Resende na sequência da rodada. O Cruzmaltino está em oitavo, com sete pontos, mas, até quinta-feira (1º de abril), pode cair para 11º e penúltimo lugar se Nova Iguaçu, Boavista e Bangu vencerem seus compromissos.

O primeiro tempo foi de poucas emoções e muitos erros de passe e na criação de jogadas. Apesar de ter mais volume que o rival, a melhor oportunidade do Fluminense foi logo aos três minutos, quando o meia Nenê quase fez um gol olímpico. O Vasco, na primeira vez que conseguiu chegar, balançou a rede. Aos 36 minutos, Léo Matos abriu para o também meia Andrey cruzar da direita e o atacante Germán Cano mandar para o gol.

Leia Também:  Nathalie Moellhausen é nona colocada no mundial e se garante em Tóquio

Os 45 minutos seguintes foram bem mais interessantes. O Tricolor precisou de um minuto para deixar tudo igual: Nenê cobrou escanteio e o atacante Fred marcou de cabeça. O camisa 9 quase virou aos sete, em chute por cima da meta, após um erro do zagueiro Leandro Castan na saída de bola. O Vasco respondeu aos 20 em cabeçada do atacante Figueiredo que o goleiro Marcos Felipe quase rebateu no pé de Cano.

Daí em diante, o Cruzmaltino dominou as ações. Aos 29 e aos 33, Andrey assustou em cobranças perigosas de falta. A primeira parou na trave direita. Aos 39 minutos, o meia iniciou a jogada que culminou em finalização cruzada do também meia Gabriel Pec, defendida por Marcos Felipe. O goleiro brilhou de novo aos 45, salvando um chute cara a cara de Laranjeira, após cruzamento de Léo Matos. Nos acréscimos, o Vasco teve uma última chance em cobrança de escanteio do lateral Zeca, que o zagueiro Ricardo Graça cabeceou rente à meta.

Leia Também:  Liga dos Campeões: Real Madrid perde para Shakhtar e se complica

O Vasco volta a jogar no sábado (3), às 21h05 (horário de Brasília), contra o Bangu, novamente no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). O Fluminense só tem novo compromisso pelo Carioca na próxima terça-feira (6), às 21h35, diante do Macaé, ainda sem local definido.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Pré-Olimpicos de Saltos Ornamentais e Águas Abertas têm novas datas

Avatar

Publicados

em


A Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou nesta sexta-feira (8) que remarcou para o período de 1 a 6 de maio a Copa do Mundo de Saltos Ornamentais em Tóquio (Japao), e realizará o Pré-Olímpico de Águas Abertas (maratonas aquáticas) nos dias 19 e 20 de junho, na cidade de Setúbal (Portugal). As competições foram adiadas no último dia 1º de abril, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

Por meio de nota oficial, a entidade disse que ainda estuda uma nova data para o Pré-Olímpico de Nado Artístico, inicialmente marcado para o período de 18 a 23 de abril, em Tóquio. O torneio foi cancelado no último dia 3, também em razão da pandemia. 

No Pré-Olímpico de Saltos Ornamentais, o Brasil será representado por oito atletas classificados em seletiva realizada em fevereiro, no  Rio de Janeiro: Ingrid Oliveira, Giovanna Pedroso, Anna Lucia Santos, Luana Lira, Isaac Souza, Ian Matos, Luis Felipe Moura e Kawan Pereira. 

Leia Também:  Minas Tênis Clube conquista Superliga Feminina de vôlei

Em março, foi realizada a Seletiva Brasileira para o Pré-Olímpico de Maratona Aquática. Foi definido que Guilherme Costa e Allan do Carmo representarão o Brasil em busca da última vaga para as Águas Abertas.

Os nadadores Guilherme Costa e Allan do Carmo vão brigar pela da última vaga para no Pré-Olímpico de  Águas Abertas. Eles se classificaram em março, em seletiva brasileira. 

No Pré-Olímpico de Nado Artístico, o país terá o dueto Laura Micucci e Luisa Borges.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA