Menu...

Última Notícia

13 de dezembro de 2017

Tias de envolvido em caso de vídeo de Cristiano Araújo podem ser indiciadas


Hospital de Olhos

Falta pouco para a polícia finalizar a investigação do caso da filmagem do corpo de Cristiano Araújo e o vazamento destas imagens para a Internet. O delegado Eli José de Oliveira, do 4º Distrito Policial de Goiânia, contou aoEGO, neste sábado, 27, que espera enviar o inquérito para a Justiça até terça-feira, 30, após colher o depoimento de mais duas pessoas na segunda, 29.

As novas envolvidas no caso são duas tias de Leandro Almeida Martins. O rapaz foi acusado por Márcia Valéria dos Santos Louzado de ser o responsável por colocar as imagens na internet, mas alega que só enviou as imagens para elas, que podem ser indiciadas também.

“Como o Leandro disse ter passado o vídeo para apenas duas tias, vamos ter que ouvi-las. O depoimento será na segunda e aí concluímos o inquérito. Ele deve ser remetido ao judiciário na terça. Elas também podem responder, dependo de como a situação aconteceu. Se elas exporam as imagens também…”, afirmou o delegado.

Por enquanto, além de Leandro, que foi ouvido nesta sexta, 26, Márcia e Marco Antônio Ramos – funcionários da clínica que preparou o corpo de Cristiano para o sepultamento e que aparecem nas imagens – terão que responder à Justiça. Eles foram indiciados no artigo 212 do Código Penal,Faltapendiar cadáver ou suas cinzas. A pena prevista é de um a três anos de prisão.

Em nota oficial, divulgada no Facebook, a Clínica Oeste, onde os dois trabalhavam e o vídeo foi feito, informou que os dois serão demitidos. Veja o comunicado na íntegra:

“Em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo a divulgação de imagens do corpo do cantor Cristiano Araújo, a Clínica Oeste vem a público informar que repudia com veemência o ato dos dois funcionários que, de maneira mórbida, gravaram e divulgaram tais imagens.

A clínica tem como procedimento orientar sua equipe que, inclusive, assina regulamento interno de trabalho e Ordem de Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho individual para cada caso, documentos estes que proíbem que toda e qualquer etapa do trabalho desenvolvido na empresa seja gravado, fotografado e, principalmente, divulgado.

image

Funcionários de funerária de Cristiano Araújo
(Foto: Reprodução)

Diante do erro cometido por dois funcionários de seu quadro profissional, a clínica informa que não é conivente com este tipo de conduta e que já tomou as providências legais para efetuar as demissões por justa causa.

A Clínica Oeste existe há quatro anos e reitera seu compromisso com a ética, a transparência, o zelo pela prestação do serviço e o respeito às famílias, e se solidariza com todos os que, como ela, repudiam tal ato.”

Morte de Cristiano Araújo

Ego nas redes sociais

Revolta

Mesmo após o pedido de desculpa da clínica, muitos fãs de Cristiano não pouparam críticas à situação nos comentários do post feito. “Que a justiça seja feita, e a empresa fechada! Pura falta de respeito!”, “Que clinica é essa que coloca qualquer um pra trabalhar? Olha o tipo de ‘profissionais’ que vocês contratam” e “Acho a demissão muito pouco perante o horror cometido,nao porque foi fotos de um cantor famoso,mais pelo desrespeito a um morto que nao podia se defender” foram algumas das mensagens.

Algumas pessoas, no entanto, saíram em defesa da empresa. “Nao podemos julgar a clínica pelo erro em especial dessa funcionária que aliás, tem que pagar por ser essa ameba desumana”, disparou uma menina. “Sei que é difícil para empresa está respondendo por atos que funcionários cometeu, mas difícil ainda para Familiares e amigos e fãs, achei extremamente covardia, usar de um corpo indefeso e expor, principalmente o Cristiano Araujo, uma pessoa tão boa!”, ponderou outra.

Denison Duarte – Amarante (PI)

Tags: , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE