Menu...

11 de dezembro de 2017

Junno defende Xuxa após crítica de deputado em Brasília


Hospital de Olhos

Junno Andrade escreve mensagem para Xuxa Meneghel nas redes sociais para festejar o sucesso da votação da Lei Menino Bernardo, antes conhecida como Lei da Palmada

O ator e cantor Junno Andrade escreveu uma mensagem carinhosa para a namorada, a apresentadora Xuxa Meneghel,  na noite desta quarta-feira, 21. Em seu texto, o artista defendeu a sua amada, que recebeu críticas de um deputado durante a votação da lei que tem o objetivo de coibir a violência contra a criança, agora chamada de Lei Menino Bernardo. Além disso, Junno festejou o sucesso da votação, que levará a lei para ser aprovada pelo senado.

+Em vídeo, Xuxa agradece apoio em votação 

“Falta muito pouco… Tem pessoas que vieram pra esse mundo à passeio, outras, nem deveriam ter vindo, pois usam essa passagem apenas para benefício próprio, e pior, na maioria das vezes tirando de quem não tem, se aproveitando da carência, esperança e inocência dos menos favorecidos, alguns hipócritas tem o desplante e a coragem de agir “EM NOME DE DEUS” e ainda se sentem à vontade e no direito de apontar seus dedos sujos, cheios de culpa e preconceito para julgar alguém!!! Por outro lado, tem “GENTE” que veio nesse planeta pra fazer a diferença, pra realizar, pra nos encher de admiração e nos dar exemplo! Hoje creio eu, podemos marcar um “X” nessa data, pois se deu um passo de imensurável tamanho, onde as crianças e adolecentes terão os mesmos direitos de um Ser Humano. Parabéns à todos os envolvidos nesse caminho pra aprovar a “Lei da Palmada”, hoje Lei Bernardo, principalmente pra uma pessoa que poderia estar tirando onda numa praia qualquer, e no entando passa a vida se preocupando com razões sociais! Parabéns Xuxa (Xuxuca), hoje você demonstrou um pouco mais da sua linda missão nesse planeta! Posso imaginar o tamanho do seu sorriso nesse momento! Que HONRA poder caminhar ao seu lado!!!”, escreveu em seu Facebook.

A emenda pretende alterar a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, que dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, para estabelecer o direito da criança e do adolescente de serem educados e cuidados sem o uso de castigos corporais ou de tratamento cruel ou degradante.

“Só isso que falta para nossas crianças terem os direitos de um ser humano”, comentou Xuxa.

Fonte: Caras

Radar Financeira

Tags: , , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE