Menu...

17 de dezembro de 2017

“Acho o Rio de Janeiro cafona por causa dos paparazzi”, diz Murilo Benício


Hospital de Olhos

Com mais de 20 anos de carreira e uma bela lista de ex-mulheres famosas, Murilo Benício, 43 anos, é frequente alvo dos paparazzi e já teve sua imagem exibida diversas vezes em cenários cariocas como praia, shopping e praticando exercícios ao ar livre. Na maioria dos cliques, ele é fotografado sério, com ar de poucos amigos. Ao UOL, o ator, que é natural de Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, admitiu na última quinta-feira (4), enquanto acompanhava a namorada Débora Falabella na apresentação na série “Dupla Identidade”, que se incomoda bastante com o assédio dos fotógrafos na cidade.

“Acho um inferno, acho o Rio de Janeiro cafona por causa dos paparazzi. Acho triste o ator que fala que eles estão fazendo o trabalho deles.” Benício disse que, apesar do incômodo, não pensa em se mudar para outra cidade.

“Não vou sair de onde moro por causa disso, mas acho uma falta de respeito absurda. Tem tanta coisa para mudar no país que não vou falar de paparazzo, mas é um saco mesmo”, desabafou.

Entre as imagens publicadas do ator, muitas foram feitas na praia, com direito a caretas e até com monitor para medir a frequência cardíaca. Momentos de lazer com os filhos ou de intimidade com a namorada também já foram flagrados e tiraram o ator do sério.

Mesmo avesso aos flashes, Murilo contou que acompanha a namorada, Débora Falabella, aos eventos sempre que pode. Quando se trata de uma estreia de teatro, no entanto, Benício considera sua presença fundamental. No lançamento da série “Dupla Identidade” para a imprensa, o ator posou para fotos ao lado da atriz e conversou com jornalistas.

“Vim aqui por uma sorte de estar livre. Acho que é muito legal quando a gente acompanha um ao outro, mas acho que a gente não deve sentir culpa quando não pode acompanhar. Se é uma estreia de teatro, aí eu peço a data, porque ela realmente está lá viva interpretando. Aqui é uma coisa de imprensa, é bacana acompanhar quando a gente consegue. Peça, antes de mais nada, é respeito. Que me desculpem cinema e TV, mas [teatro] é lugar que você é obrigado a ir”, explicou.

O ator, que já foi casado com Alessandra Negrini, com quem teve o filho Antônio, e Giovanna Antonelli, com quem teve Pietro, diz que troca dicas com a namorada atual sobre o trabalho em comum. Débora vive a produtora de moda Ray na série de Gloria Perez, que estreia dia 19.

“Não participei da composição dela, eu estava do lado, dei pitaco, a gente conversa. Às vezes eu chego e falo: ‘não está funcionando assim’, aí ela fala uma coisa que te dá uma clareza. Porque a gente é ator, a gente entende muito bem o que falta para o outro. Às vezes a ideia que ela não teve eu dou, porque a gente fala a mesma língua. Esse tipo de participação, a gente fala o tempo inteiro”.

Além dos relacionamentos com Negrini e Antonelli, Murilo já namorou Carolina Ferraz, em 1997, época em que eles interpretaram os irmãos Leonardo e Milena na novela “Por Amor”, e também Guilhermina Guinle, de quem se aproximou quando eles rodavam o longa “Inesquecível” em Buenos Aires, Argentina.

Fonte: Bol


Tags: , , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE