Menu...

11 de dezembro de 2017

Mal em campo, Brasil perde por 1×0 e Colômbia decide vaga na última rodada


Hospital de Olhos

Nem Neymar, nem ninguém. Com uma marcação eficiente e o meio de campo controlado, a Colômbia venceu o Brasil na noite desta quarta-feira, em Santiago, por 1 a 0. O resultado embola o Grupo C da Copa América. Enquanto a Venezuela pode chegar aos seis pontos se vencer o Peru na quinta, Brasil e Colômbia ficam empatados com três.

Seleção Brasileira entrou em campo com tarjas pretas nas camisetas em homenagem ao bicampeão mundial Zito, morto no último domingo. Também foi prestado um minuto de silêncio antes do pontapé inicial.

Dentro de campo, Dunga trocou David Luiz e Diego Tardelli por Thiago Silva e Roberto Firmino. Com Teo Gutiérrez no lugar de Bacca, a Colômbia dominou o meio-campo durante todo o primeiro tempo e controlou as investidas de Neymar. Fred e Willian foram pouco efetivos no primeiro tempo.

Com muita marcação na faixa central do gramado, a primeira finalização brasileira saiu dos pés de Daniel Alves aos 22 minutos, em um chute de fora da área que saiu por cima. A partir daí, o domínio colombiano tornou-se evidente. Aos 30, Sánchez arriscou de longe e a bola desviou em Miranda. Aos 35, Cuadrado cobrou falta da direita, a defesa não conseguiu afastar e Murillo, na marca do pênalti, arrematou com o pé esquerdo para abrir o placar.

Aos 38, Falcao cabeceou para fora cruzamento de Armero. Dois minutos depois, a torcida já ensaiava gritos de “olé” contra a Seleção. Aos 42, Daniel Alves perdeu na saída de bola e James Rodríguez cruzou para Teo Gutiérrez. O atacante escorou de letra para Cuadrado, que chutou torto.

 

Somente aos 43 o Brasil levou perigo ao gol colombiano. Daniel Alves arrancou pela direita e alçou a bola na cabeça de Neymar. Ospina defendeu com o joelho. No rebote, o camisa 10 brasileiro tocou a mão na bola sem querer. Levou amarelo. E não enfrenta a Venezuela.

O Brasil voltou do intervalo com Philippe Coutinho no lugar de Fred. Pouca coisa mudou. Neymar chutou cruzado para fora logo no início. Aos 5, Cuadrado pedalou sobre a marcação e finalizou para fora. Na sequência, com o gol aberto após falha de Ospina, Roberto Firmino mandou por cima.

Dunga colocou Douglas Costa e Diego Tardelli, mas o time não se resolvia. O volante Carlos Sánchez seguia anulando Neymar. Firmino cabeceou para fora aos 33, o retrato da ineficiência brasileira na noite chilena. Ainda deu tempo de James Rodríguez quase marcar um golaço aos 43. Na rodada decisiva, o Brasil enfrenta a Venezuela novamente em Santiago, e a Colômbia duela com o Peru.
Fonte: Zero Hora

Radar Financeira

Tags: ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE