Menu...

18 de Janeiro de 2018

Em noite de Valdivia, Dudu rouba cena e lidera vitória do Palmeiras


Hospital de Olhos

O Palmeiras não deu muitas chances para o Mogi Mirim na noite deste sábado (4), no Allianz Parque, na 14ª rodada do Campeonato Paulista. No dia que ficou marcado como o retorno de Valdivia aos gramados após quatro meses de inatividade, o nome do jogo foi Dudu, que fez dois gols e deu uma assistência na vitória por 3 a 1 e praticamente assegurou o triunfo já no primeiro tempo.

Com o resultado, o time do Palestra Itália chega aos 30 pontos e passa a ser segundo colocado no geral, atrás apenas de Corinthians e à frente de São Paulo e Santos, que ainda jogam neste domingo. O placar também define a eliminação do Mogi e o Red Bull como o adversário do time do Morumbi no mata-mata.

Agora, na rodada final, o Palmeiras joga contra o Ituano, na próxima quarta-feira (8), às 22h, fora de casa. No mesmo dia e horário, o Mogi encara o Botafogo de Ribeirão, dentro de casa.

Fases do jogo: O Palmeiras já praticamente definiu a sua vitória aos 14 minutos do primeiro tempo, com dois gols de Dudu. No primeiro, Cristaldo recebeu bela bola de Lucas, deu de calcanhar para Robinho, que achou o camisa 7 entrando para abrir o placar. Em seguida, foi a vez de Robinho, mais uma vez, tabela com Dudu, que saiu na cara do gol e ampliou o placar.

Os gols animaram a torcida, que empurrou o time ainda mais à frente. Do seu gol, Fernando Prass assistia tranquilamente a Cristaldo tocar outra bola para Dudu. O atacante achou Robinho entrando na pequena área e só rolou, para um belo chute que ampliou o placar.

No segundo tempo, o Mogi veio com duas substituições que surtiram efeito quase que imediato. Rivaldinho e Geovane entraram nos lugares de Magrão e Hygor. Após boa tabela entre eles, Geovane saiu cara a cara com Fernando Prass e deu toque para encobrir o goleiro na saída de bola. A torcida não se abalou. Pelo contrário, passou a incentivar ainda mais e comemorou quando Oswaldo, aos 16 minutos, chamou Valdivia para entrar.

O Palmeiras administrava com tranquilidade a vitória, até que Vitor Hugo bobeou no domínio e precisou fazer a falta. Como já estava pendurado, sofreu outro amarelo e deixou o time com um a menos em campo. A opção foi tirar Robinho para a entrada de Jackson. A mudança fez o time se poupar para garantir os três pontos.

O melhor: Dudu. Com dois gols e assistência, o atacante foi o destaque do Palmeiras em mais uma vitória na temporada. Robinho também merece destaque ao participar de três gols na partida.

O pior: Magrão. O atacante do Mogi Mirim estava isolado e praticamente não incomodou a zaga palmeirense. Assim que substituído, viu sua equipe diminuir o placar.

Para lembrar:
Sábado de aleluia. Valdivia voltou após cinco meses de inatividade. Sua última partida havia sido na primeira semana de dezembro, no Brasileirão de 2014, na última rodada, contra o Atlético-PR. “Êo, êo, êo, o Valdivia é um terror”, gritou o estádio em coro.

Rivaldo aplaudido. Dirigente do Mogi e ex-jogador do Palmeiras, o pentacampeão entrou no Allianz Parque ao lado de Zé Roberto. Assim que entrou no gramado, foi ovacionado.

Limpos. Fernando Prass, Arouca e Dudu conseguiram tomar o terceiro amarelo para irem à próxima fase sem cartões acumulados. Vitor Hugo seguiriao mesmo caminho, mas foi expulso e segue pendurado.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 1 MOGI MIRIM

Data: 4 de abril de 2015, sábado
Horário: 18h30
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Público pagante: 29.536
Renda bruta: R$ 2.212.515,00
Árbitro: Luiz Vanderlei Martinucho
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Renato Ruel Xavier de Brito
Cartões amarelos: Lucas, Vitor Hugo, Fernando Prass, Arouca e Dudu (PAL); Vitinho e Wagner Silva (MOG)
Cartão vermelho: Vitor Hugo
Gols: Dudu, aos 12 e aos 14 minutos, e Robinho aos 27 minutos do 1º tempo; Geovane, aos 4 minutos do 2º tempo

PALMEIRAS: Prass; Lucas, Victor Ramos, Vitor Hugo e Victor Luis; Gabriel e Arouca; Dudu, Rafael Marques e Robinho (Jackson); Cristaldo (Valdivia)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

MOGI MIRIM: Daniel; Valdir, Fábio Sanches, Wagner e Leonardo; Magal, Val, Vitinho, Hygor (Geovane) e Edson Ratinho (Elvis); Magrão (Rivaldinho)
Técnico: Claudinho Batista

Fonte: Uol

Tags: , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE