3:11 pm - sexta-feira novembro 23, 1601

Do videogame ao primeiro gol da vida: carreira de ‘Gabigol’ muda em horas

Edição e postagem: Denison Duarte, em 24-08-2013 11:31 | Última modificação: 24-08-2013 11:31
Hospital de Olhos

Gabriel Barbosa Almeida é um adolescente comum. Com a tarde desta quarta-feira livre, o jovem de 16 anos ligou o videogame com o plano de largá-lo apenas para assistir ao time do coração no estádio. Entretanto, uma ligação acabou com a diversão: o chamado para substituir Victor Andrade no banco de reservas do Santos. Predestinado, ele entrou no gramado sagrado da Vila Belmiro e garantiu o 1 a 0 no primeiro jogo pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Tratado como a nova joia santista, Gabriel subiu para o profissional com apenas 16 anos. Ainda com poucas oportunidades, o jovem apelidado de ‘Gabigol’ na base esteve nos vestiários da Vila antes do duelo para falar com os companheiros. Enquanto abraçava um e cumprimentava outro, Claudinei Oliveira veio com a notícia: ‘você vai substituir o Victor (Andrade), vai para o jogo’.

"Vim aqui para ver o jogo. Entrei no vestiário para dar força aos amigos e fiquei sabendo que ia jogar. Não trouxe chuteira, nem nada…(risos). Entrei e fiz o gol, meu primeiro gol, vou guardar pelo resto da vida. Agora vou para casa, deitar e jogar mais videogame", contou o sorridente adolescente Gabriel.

"Estava jogando videogame durante a tarde e agora estou aqui. No videogame fiz bastante (gols), mas agora na vida real é muito melhor", brincou.

‘Triste’ por substituir o colega de quarto entre os relacionados, Gabriel não escondeu a alegria comprovar o apelido conquistado na base entre os profissionais. Depois de estrear entre os adultos logo na despedida de Neymar, em 26 de maio no Mané Garricha, ‘Gabigol’ teve poucos minutos, ainda mais depois do massacre sofrido pelo Santos contra o Barcelona (8 a 0).

"Estava triste porque o Victor é muito legal, divido quarto com ele. Estava deitado, ouvindo música, e do nada estava no banco de reservas. Estava triste por não ter chances, mas quando Deus quer, ninguém tira", filosofou o mais novo ‘Menino da Vila’ a balançar as redes no tradicional estádio.

A competência da finalização de Gabriel pode ser fundamental para a sobrevivência do Santos na Copa do Brasil. Com a vitória de 1 a 0 conquistada graças a ‘Gabigol’, o time de Vila Belmiro poderá até empatar em Porto Alegre, na próxima quarta-feira, para avançar às quartas de final do torneio nacional.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE