3:11 pm - quarta-feira novembro 23, 1785

Daniel Alves diz que futebol brasileiro ‘precisa evoluir’

Edição e postagem: Denison Duarte, em 08-07-2014 22:49 | Última modificação: 08-07-2014 22:56
Hospital de Olhos

Poucas horas depois da goleada por 7 a 1 que sacudiu o futebol brasileiro, Daniel Alves mostrou que já está pensando no futuro e cobrou uma “evolução”, dando a Alemanha como exemplo de boa organização.

“O futebol brasileiro precisa evoluir, num contexto geral. A gente tinha pela frente uma equipe muito bem posta, foi possível notar o tempo de trabalho e a qualidade que resultou desse trabalho”, explicou o lateral do Barcelona.

“O futebol no Brasil e seu entorno precisam melhorar”, resumiu Daniel, que não entrou em campo na derrota para os alemães, nesta terça-feira, no Mineirão, nas semifinais da Copa do Mundo.

“Não quero me esquivar da responsabilidade, somos todos responsáveis, cada um tem sua parcela para tudo que acontece, tanto nas coisas boas quanto nas coisas ruins”, admitiu. “Essa é a diferença entre ter culpa e ter responsabilidade. Ter culpa é quando você tem intenção de fazer a coisa errada. Responsabilidade é quando você tem a disposição boa, mas no final, não dá certo”, acrescentou.

Contra a Alemanha, o Brasil sofreu a pior humilhação da sua história, com derrota por seis gols de diferença, que igualou o 6-0 contra o Uruguai, na Copa América de 1920, em Viña del Mar, no Chile.

A seleção ainda terá que jogar a disputa do terceiro lugar, neste sábado, em Brasília, mas Daniel Alves não se mostrou muito motivado para disputar essa partida.

“Para mim, o importante é o primeiro lugar. Quando não se consegue o primeiro lugar, para mim, não tem importância. A gente veste uma camisa, representa milhões de pessoas, joga por um escudo e uma nação. Por isso a gente tem que engolir essa derrota e entrar em campo no sábado, mas para mim, todo jogo é para ser primeiro”, completou.

Fonte –  UOL Esporte.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE