3:11 pm - quarta-feira novembro 25, 1564

1ª fase de vendas para Copa tem 1 milhão de ingressos e 4 milhões de pedidos

Edição e postagem: Denison Duarte, em 12-09-2013 23:29 | Última modificação: 12-09-2013 23:29
Hospital de Olhos

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, após a inauguração do tour mundial da taça da Copa do Mundo-2014, o diretor de marketing da Fifa, Thierry Weil, revelou que o número de pedidos na primeira fase de venda de ingressos para a competição já chegou a quase 4 milhões em menos de um mês desde o início da comercialização, no dia 20 de agosto. Destes, apenas cerca de 800 mil, ou 20%, são de estrangeiros.

Para Weil, a explicação para este fenômeno remete ao desconhecimento sobre onde e quando cada seleção jogará. Hoje, apenas o país-sede Brasil tem datas e locais dos seus jogos confirmados, embora não conheça nenhum adversário. Weil acredita que o número de pedidos de estrangeiros aumentará consideravelmente na segunda fase de vendas, no dia 8 de dezembro, dois dias depois do sorteio que definirá todos os chaveamentos da Copa.

"Na primeira fase temos muitos pedidos de brasileiros. Dos quase 4 milhões, são em torno de 800 mil pedidos de estrangeiros. Todo o resto é de residentes brasileiros, e muitos desses pedidos são para os jogos do Brasil. Outros são de pessoas em Manaus, por exemplo, que acreditam que este é um bom momento para adquirir ingressos [já é possível comprar ingressos para jogos em sedes determinadas, mesmo sem saber quem, exatamente, jogará]. A segunda fase será concentrada em jogos específicos, e então a parte internacional deve entrar mais, porque as pessoas estão esperando para ver quem jogará onde", esclareceu Weil.

Ao menos 75% dos pedidos serão negados

Weil falou ainda sobre o número de ingressos à disposição na primeira fase de vendas, que gira em torno de 1 milhão. A cerca de três meses do fim desta etapa, ao menos 75% dos pedidos de ingressos não serão atendidos. Só para a final no Maracanã, cuja lotação é 73 mil lugares, já há cerca de 500 mil pedidos.

Para Weil, a segunda fase, novamente, apresentará um panorama diferente. Com os jogos e locais definidos, o executivo acredita que os pedidos serão mais direcionados e, portanto, mais fáceis de serem atendidos.

"A primeira fase tem em torno de 1 milhão de ingressos disponíveis. Agora, a não ser pelos potenciais jogos do Brasil, as pessoas não sabem quais serão os jogos. Temos muito pedidos para jogos que as pessoas não sabem quem vai jogar, elas só querem estar presentes em jogos da Copa do Mundo. Nós temos quase 4 milhões de pedidos, e muitos não conseguirão ingressos agora. Mas a segunda fase com certeza é mais fácil, porque as pessoas conhecerão os times classificados e saberão onde eles vão jogar, e podem especular se seus times vão terminar em primeiro ou em segundo em seus grupos, e qual será o caminho até a final. As fases são diferentes", concluiu.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE