AMARANTE

SAÚDE

Espírito Santo enrijece medidas contra a covid-19

Avatar

Publicado em

SAÚDE


Uma semana após suspender, por 14 dias, o funcionamento dos serviços e atividades não essenciais em todo o Espírito Santo, o governo capixaba anunciou, hoje (25), medidas ainda mais rigorosas para tentar conter a disseminação do novo coronavírus e o consequente aumento do número de casos da covid-19.

Ao detalhar as novas restrições, o governador Renato Casagrande afirmou que a quarentena em vigor há oito dias já resultou em “avanços” no enfrentamento à doença, mas que a situação ainda é preocupante, pois a ocupação média dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) destinados ao atendimento de pacientes com a doença se manteve acima dos 90%, apesar da abertura de novas vagas. Além disso, de acordo com o governador, em 1º de março, havia 525 pessoas internadas em vagas de UTIs de hospitais públicos. Ontem (24), este número já chegava a 750 pacientes.

“É preciso reconhecer que necessitamos avançar mais. É importante tomarmos medidas para reduzirmos as interações e melhorarmos os indicadores [epidemiológicos]”, declarou Casagrande, em vídeo divulgado pelas redes sociais. “Temos conseguido nos manter um passo à frente da doença, mas ela está mordendo nossos calcanhares. E se mantivermos o ritmo atual, daqui a pouco poderemos não ter leitos para todas as pessoas”, acrescentou o governador, destacando que a média do número de mortos continua aumentando no estado.

Leia Também:  Estudo da CoronaVac será entregue à Anvisa no dia 23

As medidas anunciadas esta tarde incluem a ampliação, até o Domingo de Páscoa (4), do prazo de vigência da maioria das medidas que estão em vigor desde o início da quarentena, que terminaria na próxima quarta-feira (31). Além disso, algumas das atividades que hoje estão funcionando por serem consideradas essenciais, serão proibidas a partir do próximo domingo, nas 78 cidades capixabas. É o caso, por exemplo, do comércio atacadista; lotéricas; lojas de material de construção; casas de autopeças e oficinas de recuperação de veículos. As agências bancárias só poderão atender presencialmente aos beneficiários de programas de auxílio financeiro, sejam federais ou estaduais.

O transporte coletivo público será suspenso também por uma semana, do próximo domingo (28) até o dia 4 de abril. Durante estes oito dias, serão interrompidas as viagens municipais, intermunicipais e interestaduais, incluindo o Sistema Transcol. A medida, no entanto, não afeta o transporte de cargas. E o governo estadual promete organizar, em parceria com prefeituras, o transporte para os trabalhadores do sistema público de Saúde que não tiverem como se deslocar por outros meios – da mesma forma, os estabelecimentos privados de Saúde e as empresas essenciais (supermercados; farmácias; postos de gasolina) deverão oferecer alternativas aos seus funcionários.

Leia Também:  Sesapi marca nova reunião de capacitação contra o Coronavírus para esta sexta

“Cada atividade se organizará para transportar seus trabalhadores”, disse o governador, destacando a necessidade de tentar impedir a costumeira aglomeração no transporte público. No mesmo período, também será suspenso o atendimento ambulatorial especializado na rede pública, cujas unidades básicas de saúde seguirão atendendo às demais situações.

O decreto estadual com o detalhamento das restrições deve ser publicado no Diário Oficial do estado desta sexta-feira (26). Ainda durante o anúncio desta tarde, Casagrande antecipou que, a partir do próximo dia 15, o estado começará a vacinar os profissionais da Segurança Pública e da Educação de acordo com critérios que ainda serão anunciados.

“Sabemos que é preciso conciliar as atividades econômicas com a preservação da vida, que é a prioridade. Estamos buscando esta conciliação, pois as pessoas precisam ter suas atividades econômicas para poderem se sustentar, sustentar a suas famílias, mas numa hora como esta, na qual o país está perdendo mais de 3 mil pessoas por dia, em que a vacina não chega na quantidade que precisávamos, não temos que ter dúvida, temos que tomar as medidas adequadas”, justificou o governador.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

SAÚDE

Covid-19: Rio mantém calendário de vacinação nos feriados

Avatar

Publicados

em


A vacinação contra a covid-19 vai continuar sem interrupção esta semana no município do Rio, mesmo com os feriados de Tiradentes, hoje (21), e de São Jorge, na sexta-feira (23). Esses feriados foram antecipados para compor o período da parada emergencial, que ocorreu entre 26 de março e 4 de abril, como uma das medidas restritivas de combate à evolução da doença na cidade

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que os centros municipais de saúde e as clínicas da família funcionarão das 8h às 17h, exclusivamente para a vacinação contra a covid-19, obedecendo ao calendário divulgado no link https://coronavirus.rio/. Essas unidades vão fazer também o atendimento a casos suspeitos da doença. Ontem (20), a SMS inaugurou mais um ponto de imunização, dessa vez na quadra da Portela, em Madureira, na zona norte do Rio. A unidade ficará aberta de segunda a sexta, entre 8h e 17h.

Conforme o calendário da secretaria, hoje a vacinação é para homens e mulheres de 61 anos e profissionais de saúde com 47 anos. A semana vai terminar com a imunização, no sábado (24), para pessoas com 60 anos ou mais, completando a faixa de idosos. Já para os profissionais de saúde, o sábado foi destinado à repescagem com a vacinação de quem tem 45 anos ou mais. Na semana que vem, o calendário para os trabalhadores da saúde continua na segunda-feira (26) para os que têm 44 anos e termina no sábado (30) para a faixa de 40 anos.

Leia Também:  Estudo da CoronaVac será entregue à Anvisa no dia 23

Para a vacinação, os profissionais de saúde precisam levar documento original com foto e comprovante dos conselhos de classe. “Trabalhadores lotados em hospitais e unidades de urgência e emergência ou que trabalham na campanha de vacinação deverão se vacinar nas unidades em que atuam, ao longo do mês de abril”, orientou a secretaria.

Nos feriados de hoje e de sexta-feira também vão funcionar as unidades 24 horas da rede municipal de saúde, que são as UPAs, hospitais e centros de emergência regional (CERs).

Segurança

O estado do Rio de Janeiro informou que 4.843 agentes de segurança e salvamento da ativa já receberam a vacina contra a covid-19. A imunização de policiais civis do Grande Rio, militares, penais e rodoviários federais, além de bombeiros de diversas unidades do Rio de Janeiro, com idades acima de 49 anos, começou há uma semana.

O governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, destacou que esses servidores seguem nas ruas nas respectivas atuações e que o governo do estado reconhece a essencialidade das atividades dos agentes das forças de segurança e salvamento. Por esse motivo, os incluiu nos grupos prioritários, seguindo a nota técnica do Ministério da Saúde. “Estamos avançando na imunização em todo o Rio de Janeiro”, disse.

Leia Também:  DF começa a vacinar amanhã idosos com 69, 70 e 71 anos

Entre agentes e policiais penais já há 243 vacinados com a primeira dose. No grupo que reúne policiais militares, policiais civis e policiais rodoviários federais, somam-se 3.739 pessoas vacinadas até ontem à noite. De acordo com o governo do estado, os nove locais de vacinação disponibilizados pela Secretaria de Polícia Militar na região metropolitana do Rio, serão reabertos amanhã (22) para vacinar os agentes com 48 anos e os com idade de 49 anos ou mais que não se vacinaram nessa primeira fase do programa de imunização das forças de segurança.

Bombeiros

O governo do estado informou ainda que desde a última semana, 861 bombeiros militares foram imunizados em todo o estado. Para esta semana, a expectativa é vacinar outros 1.114 agentes do Corpo de Bombeiros. Até amanhã novas doses serão aplicadas em dois polos de vacinação montados pela corporação. Um em Campo Grande (13° GBM) e o outro em Nova Iguaçu, onde funciona a 2ª Policlínica do CBMERJ. Além disso, haverá imunização em quartéis localizados no interior do estado nos polos das regiões serrana (CBA II), sul (CBA III), norte/noroeste (CBA IV), baixada litorânea (CBA V) e Costa Verde (VII).

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA