AMARANTE

POLÍTICA

Escola do Legislativo abre inscrições para pós-graduações com aulas remotas

Avatar

Publicado em

POLÍTICA




A Escola do Legislativo Professor Wilson Brandão está com inscrições abertas para Pós-Graduações nas áreas de Direito, Comunicação, Administração, Contabilidade, Educação e Administração. As aulas vão funcionar de forma remota, como forma de evitar o contágio pela COVID-19.

“Procuramos sempre trazer novidades, observando a evolução do mercado, assim como o anseio dos alunos. No momento, as aulas permanecem de forma remota para que possamos evitar o contágio pela COVID-19. Intensificamos a participação de professores de renome nacional, contribuindo para enriquecer ainda mais os debates durante as aulas”, reforça Socorro Barreto, coordenadora das Pós-Graduações da Escola do Legislativo.

Os interessados devem levar a cópia do RG, CPF, comprovante de residência, diploma de graduação, foto 3×4 e comprovante de pagamento da inscrição para a coordenação da Escola do Legislativo, localizada no prédio da Assembleia Legislativa. Mais informações: 3133-3350/ 99990-1366. Instagram: @posgraduacaoalepi 

PÓS-GRADUAÇÕES COM INSCRIÇÕES ABERTAS
Inscrição: R$50,00

Concessões e Parcerias Público-Privada
Mensalidade: 16 x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Comunicação, Marketing e Mídias Digitais
Mensalidade: 16 x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Leia Também:  Gilmar Mendes manda soltar Laurence Casagrande, preso pela PF por desvios no Rodoanel Mário Covas

Direito Penal e Processo Penal
Mensalidades: 16 x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Gestão de Serviços em Saúde
Mensalidades: 16 x R$210,00
Encontros mensais
Sexta, sábado e domingo
 
Direito Notarial e Registral
Mensalidades: 16 x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Direito Civil e Processo Civil
Mensalidades: 16x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Trabalho e Previdenciário
Mensalidades: 16 x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Direito Tributário e Planejamento Tributário
Mensalidades: 16x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Direito Médico e Proteção Jurídica a Saúde
Mensalidades: 16x R$250,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Licitações e Contratos
Mensalidades: 16x R$210,00
Encontros quinzenais
Segunda, terça e quarta

Contabilidade, Finanças e Orçamento Público
Mensalidades: 16x R$200,00
Encontros quinzenais
Segunda, terça e quarta

Auditoria, Controladoria e Compliance no Setor Público
Mensalidades: 16x R$200,00
Encontros quinzenais
Segunda, terça e quarta

Direito Administrativo e Constitucional
Mensalidades: 16x R$210,00
Encontros quinzenais
Sexta e sábado

Gestão Estratégica de Pessoas e Coaching
Mensalidades: 16x R$200,00
Encontros quinzenais
Segunda, terça e quarta

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Franzé Silva anuncia cronograma de vacinação de pessoas com deficiência

Avatar

Publicados

em


A Câmara Técnica de Vacinas (CIB), setor vinculado à Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), emitiu, nesta quinta-feira (6), a Nota Técnica Nº 02/2021, cujo objetivo é orientar os municípios na condução da campanha de vacinação contra Covid-19 para grupos prioritários – pessoas com comorbidades, pessoas com deficiências permanentes, gestantes e puérperas.

A divulgação da Nota Técnica foi pautada pelo deputado estadual Franzé Silva (PT), durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), nesta quinta-feira (6). O parlamentar, autor da lei que garante vacinação prioritária contra Covid-19 a pessoas com deficiência (Lei Nº 7.476/202), destacou a importância da definição da ordem de vacinação desses grupos.

“Havia uma indefinição quanto às datas de vacinação e, com a Nota Técnica, temos garantido, definitivamente, o cronograma de vacinação das pessoas com deficiência, orientando os municípios. Estamos, portanto, muito felizes pelo fato de a Sesapi ter estabelecido a vacinação desse grupo de pessoas tão necessitadas”, pontua o deputado Franzé Silva.

A ordem de atendimento, quanto ao grupo de pessoas com deficiência, será de acordo com a disponibilidade de vacinas, sendo vacinadas, primeiro, pessoas com Síndrome de Down de qualquer idade a partir dos 18 anos; pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e pessoas com paralisia cerebral de qualquer idade a partir dos 18 anos; e pessoas com outras deficiências permanentes.

Leia Também:  Bloco PT/PTB/PCdoB quer indicar dois membros em cada comissão técnica

Assessoria parlamentar – Edição: Katya D’Angelles
 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA