AMARANTE

PIAUÍ

Escola da Educação de Jovens e Adultos estimula leitura e debates sociais

Avatar

Publicado em

PIAUÍ


Para estimular a participação dos estudantes no ensino remoto, diversas ações nas salas de aula se multiplicam em todo o estado. No Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Professora Maria do Carmo Reverdosa da Cruz, localizada no bairro Dirceu Arcoverde I, zona sudeste de Teresina, surgiu o projeto Roda de Leitura para que, por meio da leitura, os alunos se tornem novos leitores críticos.

O Roda de Leitura é idealizado pela professora Alexandra Almeida da Silva, que reuniu os estudantes matriculados na VI etapa turno noite, etapa que corresponde ao 1º e 2º ano do ensino médio da Educação de Jovens e Adultos, para que se sentissem esperançosos em meio à pandemia provocada pela Covid-19.

Mesmo diante de uma realidade social de pandemia altamente desafiadora, a equipe pedagógica da escola enfrentou o desafio de despertar o hábito da leitura nas turmas de EJA. Cerca de 33 alunos estão participando do projeto que tem contribuído para a não evasão escolar e para aumentar o rendimento dos mesmos na disciplina de linguagens.

Leia Também:  No Senado, governador trata sobre a PEC Emergencial e vacina

O livro para ser trabalhado com os estudantes foi escrito pelo ator e diretor Lazáro Ramos, intitulado “Na Minha Pele”. Na autobiografia, o autor compartilha reflexões sobre temas como ações afirmativas, gênero, família, empoderamento, afetividade e discriminação no Brasil.

“Para fugir de abordagens maçantes sobre essas temáticas, a escolha do livro buscou desenvolver melhor a oralidade e escrita, capacidade do desenvolvimento do pensamento crítico, compreensão e interpretação textual”, informou a professora Alexandra Almeida.

“Realizamos as aulas exclusivamente remotas por meio de grupo de WhatsApp, leitura e discussões sobre a temática racismo apresentada no livro Na Minha Pele, de Lázaro Ramos. A avaliação ocorre por meio da participação (leitura) dos alunos no grupo e atividade manuscrita para quem não teve acesso ao grupo de leitura de forma on-line, por meio das postagens de fotografias de páginas ou trechos do livro e áudios compartilhados”, explicou a professora.

Aos sábados são realizadas aulas extras com os alunos, momento em que são realizadas as discussões com a turma. Para os alunos sem acesso à internet, é incentivada a leitura do livro como atividade e os mesmos farão um resumo sobre o assunto abordado.

Leia Também:  Inscrições abertas para roda de conversa sobre lazer e turismo em parques urbanos
Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PIAUÍ

HGV e Justino Luz ampliam estrutura e tornam-se referência no tratamento da Covid-19

Avatar

Publicados

em


O Piauí enfrenta a segunda onda da pandemia da Covid-19 e os Hospitais Getúlio Vargas (HGV), em Teresina, e Justino Luz, em Picos, ambos gerenciados pela Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh), tornaram-se referência no tratamento da doença no estado.

Ítalo Rodrigues, presidente da Fepiserh, destaca que, com a ampliação do número de leitos de UTI no HGV, a unidade de saúde passou a contar com 70 leitos de terapia intensiva e tornou-se o maior hospital do estado com capacidade de atendimento na pandemia e um dos maiores do país. “Poucos hospitais no Brasil têm essa capacidade de atendimento. Somos grandes no tamanho, mas, sobretudo, na qualidade do serviço que ofertamos”, pontua o gestor.

O Hospital Justino Luz também aumentou a capacidade de atendimento e até o fim de abril deve receber 20 novos leitos clínicos para pacientes com Covid-19 com ventilação mecânica não invasiva.

Inaugurações

Nos próximos meses, o Governo do Estado inaugura uma ala de cirurgias cardíacas no HGV, passando a atender uma demanda reprimida no estado, que atualmente só realiza esse tipo de cirurgia pelo SUS em hospital privado credenciado.

Leia Também:  Emocionado, JVC desiste e diz que candidato é Elmano Férrer

“O HGV será o primeiro hospital público do estado a oferecer cirurgia do coração”, afirma o presidente da Fepiserh, que também colocou no cronograma a inauguração do Centro de Parto Normal e a Casa da Gestante, em Picos.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA