3:11 pm - sexta-feira novembro 25, 2129

Filme brasileiro ‘Entre Nós’ compete no Festival de Roma

Edição e postagem: Denison Duarte, em 15-10-2013 01:03 | Última modificação: 15-10-2013 01:03
Hospital de Olhos

O filme Entre Nós, de Paulo Morelli, com Caio Blat, Maria Ribeiro, Paulo Vilhena e Carolina Dieckmann no elenco, representa o Brasil na 8ª edição do Festival de Cinema de Roma, que também recebe em sua competição oficial produções latino-americanas de Chile e México.

O festival, que será realizado de 8 a 17 de novembro, escolheu no total 18 filmes, entre eles o espanhol Another me, de Isabel Coixet, para o concurso oficial. “Escolhemos filmes que nos emocionaram, que chegam ao nosso coração”, anunciou o diretor artístico Marco Muller, que dirigiu por anos a Mostra de Veneza, nesta segunda-feira. Uma centena de filmes de 30 países serão projetados em Roma nas diferentes sessões do festival, entre eles muitas obras-primas e estreias mundiais. “Não há tema dominante entre os filmes selecionados”, confessou Muller, que definiu a edição de esquizofrênica, já que será aberta com a comédia italiana L’Ultima Ruota del Carro, do italiano Giovanni Veronesi, e encerrada com o filme autoral chinês The White Storm, de Benny Chan. O cineasta americano James Gray, “um cinéfilo puro”, segundo Muller, presidirá o júri oficial.

Os organizadores da jovem competição mundial da cinematografia, nascida em 2005, convidaram fora de concurso alguns diretores renomados, entre eles o espanhol Alex de la Iglesia para apresentar sua última obra, Las Brujas de Zugarramurdi. Entre os filmes mais atrativos, figura o francês Au Bonheur des Ogres, de Nicolas Bary, baseado em um romance de Daniel Pennac com a franco-argentina Berenice Bejo (do premiado O Artista) e Emir Kustirica, que será apresentado fora de concurso. Além das projeções oficiais, foi escolhido para competir na mostra paralela “Alice na Cidade” o filme colombiano Cazando luciérnagas, de Roberto Flores Prieto, o único latino-americano entre os 12 selecionados.

O festival, que nas últimas edições perdeu brilho pela falta de fundos, se relança com a ideia de organizar uma festa do cinema na mítica capital italiana, similar à realizada em setembro em Toronto e que se converteu em um dos eventos mais importantes do cinema mundial. Além do filme brasileiro, estarão na disputa oficial Volantín Cortao, dos chilenos Diego Ayala e Aníbal Jofré, e Manto Acuífero, do mexicano Michael Rowe, além de obras do Irã, Espanha, Dinamarca, Portugal, Romênia, Japão, Estados Unidos, França, Turquia e Itália.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE