AMARANTE

ESPORTES

Empate classifica Bragantino às quartas do Paulista e complica Santos

Avatar

Publicado em

ESPORTES


O empate deste sábado (1) entre Red Bull Bragantino e Santos, por 1 a 1, tem peso diferente para as equipes no Campeonato Paulista. Líder do Grupo B, o Massa Bruta garantiu vaga nas quartas de final do Estadual, com uma rodada de antecedência. Por outro, o Peixe segue fora da zona de classificação do Grupo D.

Os dois primeiros colocados de cada chave avançam para o mata-mata. Com 11 partidas disputadas, o Bragantino soma 22 pontos e não pode mais ser atingido pelo Palmeiras, terceiro do Grupo C, dez pontos atrás, mesmo que o Verdão ganhe os três jogos que têm pela frente. O Santos, com dez atuações no Paulistão até o momento, é o terceiro do Grupo D, com dez pontos, um atrás do Guarani, que ocupa o segundo lugar, com uma partida a menos que os santistas.

Quem comemorou a igualdade no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), foi o Mirassol. Na primeira posição no Grupo D, com 17 pontos, o Leão da Alta Araraquarense não tem mais como ser superado pelo Santos, também se garantindo no mata-mata.

Leia Também:  Internacional goleia Juventude e garante vaga na final do Gauchão

Os primeiros 45 minutos foram de total controle do Bragantino. Aos seis minutos, o meia Claudinho achou Ytalo na área, entre os zagueiros do Santos. O atacante arrematou de primeira, para boa defesa do goleiro João Paulo. Aos 26, o atacante Pedrinho aproveitou um erro do lateral Pará na saída de bola e rolou para Claudinho abrir o marcador em Bragança Paulista. Perdido taticamente, o Peixe exagerou nos arremates de longe, sem direção, assustando apenas aos 33 minutos, em cabeçada de peixinho de Pará.

Na etapa final, o Santos chegou ao empate no primeiro minuto. Marinho lançou o também atacante Lucas Braga, que dominou pela esquerda e finalizou da entrada da área, sem chance para defesa do goleiro Cleiton. O Peixe balançou as redes novamente aos 16 minutos, em chute no ângulo de Jean Mota, na sobra de um lançamento. O árbitro de vídeo (VAR), porém, viu impedimento de Marinho no lance. O gol foi anulado.

O duelo transcorreu de forma equilibrada. Aos 36 minutos, Jean Mota cobrou falta com veneno, obrigando Cleiton a se esticar para evitar a virada. O Massa Bruta, apesar de ter a posse da bola, não tinha a mesma facilidade do primeiro tempo para criar jogadas. Também ao contrário da etapa inicial, o time do interior pecou demais na eficiência das finalizações e deu pouco trabalho a João Paulo. No fim, o placar acabou não se alterando mais.

Leia Também:  Moradores de Tóquio se preocupam com realização da Olimpíada

O Bragantino encerra a participação na primeira fase no domingo da próxima semana (9), contra o Botafogo, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP). No mesmo dia, o Santos recebe o São Bento na Vila Belmiro, em Santos (SP). A Federação Paulista de Futebol (FPF) ainda não definiu os horários. Antes, na quinta-feira (6), o Peixe tem um clássico de vida ou morte pelo Estadual, diante do Palmeiras, às 21h, no Allianz Parque, em São Paulo.

As duas equipes, porém, concentram-se primeiro nos respectivos compromissos continentais. Na terça-feira (4), às 19h15, o Santos pega o The Strongest (Bolívia), na Vila, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. Já na quinta, às 21h30, o Bragantino tem pela frente o Talleres (Argentina) pela terceira rodada da Copa Sul-Americana.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Fluminense pode ter mudanças contra Junior Barranquilla nesta terça

Avatar

Publicados

em


Basta apenas um empate no confronto com o Junior Barranquilla nesta terça-feira (17), no Maracanã, para o Fluminense garantir vaga nas oitavas de final da Taça Libertadores da América. A partida terá transmissão da Rádio Nacional, às 21h30 (horário de Brasília), com a locução de André Marques, comentários de Waldir Luiz, além da reportagem de Mauricio Costa e, no plantão, Luiz Ferreira.

Ouça Fluminense x Junior Barranquilla, a partir das 21h30 (horário de Brasília), clique abaixo:

O momento então é de poupar titulares para a decisão do próximo sábado (22) do Campeonato Carioca? Não é bem assim que o técnico Roger Machado encara a situação.

“Não tem como pensar no outro fim de semana. A gente pensa jogo a jogo. Parece um chavão, mas confesso que antes da decisão, no jogo para a Libertadores, eu nem iniciava pensar sobre o clássico do final de semana porque não tem espaço mental para que isso aconteça. A partir de amanhã (domingo), a gente volta novamente para a Libertadores, recupera energia mental e foca nesse resultado que nos dará a vaga. Posteriormente, quando tem o apito final, a gente se dedica novamente ao clássico”, comentou o técnico, no sábado (15), depois do empate com o Flamengo por 1 a 1 na primeira partida da final do Cariocão.

O Fluminense vem atuando com força máxima nos jogos, mas dificilmente será o momento de Roger fazer testes. Afinal, depois do compromisso pela Libertadores, a equipe terá mais três dias até a decisão do Carioca.

Leia Também:  Internacional goleia Juventude e garante vaga na final do Gauchão

Isso não quer dizer que o time será o mesmo. Além da dúvida sobre a escalação de Gabriel Teixeira e Luiz Henrique, e depois da atuação apagada de Nenê e a boa entrada de Cazares, o treinador pode escolher um time diferente.

Roger Machado diz que Cazares pode ter uma oportunidade como titular. Roger Machado diz que Cazares pode ter uma oportunidade como titular.

Roger Machado diz que Cazares pode ter uma oportunidade como titular. – Mailson Santana/Fluminense FC

“Eu não optei pelo Gabriel na posição do Luiz por uma questão técnica (contra o Flamengo). Optei por uma questão estratégica. Para o próximo jogo tudo é possível, assim como eu entrei com o Cazares no segundo tempo, ele poder ter uma oportunidade como titular. A gente vai alternando e pegando o melhor momento de cada jogador para que a gente consiga ter uma evolução como equipe”.

O Tricolor lidera o Grupo D da Libertadores, com oito pontos. O River Plate é o segundo, com seis, seguido pelo Junior Barranquilla, que soma três pontos. O lanterna é o Independiente Santa Fé, que tem apenas dois pontos em quatro rodadas.

Edição: Gustavo Faria

Leia Também:  Vôlei de praia: 24 duplas abrem chave principal do Circuito

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA