AMARANTE

Piauí

Emater vai fomentar propostas voltadas para agricultura familiar

Publicado em

Piauí


O governador Wellington Dias se reuniu nessa quarta-feira (27), com o novo diretor-geral do Emater (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural), Leonardo Nogueira, para definir prioridades na atuação do órgão. Entre as diversas estratégias de apoio ao homem do campo, devem ter destaque a partir de agora o fomento ao crédito e incentivo aos novos profissionais para elaboração de projetos agrícolas.

Conforme previsto no Decreto n° 19. 915/2021, o governo vai lançar um cadastro para pessoas físicas e jurídicas que queiram apresentar projetos na área da agricultura.

“Dentro do PRO Social um casamento tanto na área do empreendedorismo como no apoio ao agricultor familiar. Nós queremos caminhar para garantir a ampliação de renda integrados com o sistema bancário, para que a gente possa atender a projetos que vão desde a produção, beneficiamento, até a comercialização”, pontuou Dias.

Engenheiros agrícolas, apicultores, gestores ambientais, entre outros profissionais do campo, que se dispuserem a desenvolver e executar ações junto a agricultores familiares terão incentivo financeiro do estado.

Leia Também:  PRF-PI realiza trabalho de conscientização a usuários de rodovias federais

“Cada projeto elaborado e executado recebe um percentual tanto dos bancos, que já pagam normalmente, quanto do governo do estado. Vamos estar acompanhando se o projeto está tendo resolutividade ou não”,  explicou Nogueira.

A pedido do governador, o Emater também deve desenvolver um projeto voltado à inserção de novos profissionais do ambiente rural, no mercado de trabalho. A ideia e gerar oportunidade de integração com agricultores familiares. Os graduados ganham oportunidade de emprego e os agricultores, oportunidade de renda e redução da pobreza.

“Você vai sair da faculdade e conseguir através do seu próprio projeto, com os recursos que oferecemos, montar o próprio negócio”, finalizou Nogueira.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Piauí

Projeto irá capacitar ex-dependentes químicos e os familiares

Publicados

em


O Governo do Estado por meio da Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas do Piauí (Cendrogas) realizou nesta quarta-feira (01), solenidade de assinatura do Termo de Fomento com a Fazenda da Paz, para execução do Projeto de Reinserção Social.

O projeto tem como objetivo capacitar os egressos de Comunidades Terapêuticas e seus familiares em situação de vulnerabilidade social objetivando a inserção/reinserção ao mercado de trabalho, promovendo a atenção integral através do trabalho em rede com as unidades públicas de assistência social.

Representando o governador Wellington Dias, a vice-governadora Regina Sousa falou da importância do Estado ajudar na oferta de capacitação para quem busca o tratamento da dependência química.

“Fico feliz de estarmos hoje assinando essa parceria como forma de apoiar a formação e capacitação dos acolhidos em Comunidades Terapêuticas”, afirmou Regina.

Através do Projeto serão ofertados cursos de marcenaria, serviços gerais, doces e salgados, mecânica de motos e manutenção predial, atendendo diretamente 480 egressos e indiretamente mais de 1.500 familiares. Estas capacitações serão oferecidas no Centro de Reinserção Padre Pedro Baizi, localizado na Rua Simplício Mendes, 1698, Bairro Vermelha.

Leia Também:  Defensoria Pública retoma atendimentos presenciais por agendamento a partir de segunda-feira (12)

“A Cendrogas, juntamente com a Fazenda da Paz, celebra este Termo que tem o objetivo de capacitar os egressos e seus familiares, preparando eles para o mercado de trabalho. No início serão oferecidos 5 cursos”, informou Cida Santiago.

Célio Luiz Barbosa, coordenador geral da entidade executora do projeto e presidente da Federação Nacional das Comunidades Terapêuticas (FENACT), reforçou o pioneirismo desta ação no Piauí.

“Para nós que trabalhamos há 27 anos com a Política Sobre Drogas, este passo de hoje é muito importante, pois este feito da reinserção social é pioneiro em todo Brasil. Chegaremos com este projeto em todas as CTs do Piauí e com isso estaremos exportando a nossa mão de obra. Agradecemos também o exemplo de fortalecimento dado pelo Governo do Estado através da Cendrogas no combate e enfrentamento às Drogas”, falou Célio Barbosa.

Um dos exemplos de como a capacitação tem dado certo, é o ex-dependente químico, Cícero Feitosa, que foi tratado na Fazenda da Paz e hoje é colaborador da entidade há mais de 15 anos.

Leia Também:  Jovens participam de seminário sobre políticas públicas em Regeneração

“O próprio tratamento me ensina a voltar para a sociedade através dos cursos e com isso sair com uma garantia a mais, pois pude sair com uma força a mais para encarar a sociedade. A importância de sair com um diploma de curso profissional, vai me fazer capaz de ser reinserido na sociedade”, finalizou Cícero.

Participaram também da solenidade, a presidente da Fazenda da Paz, Eneida Lustosa, o assessor técnico e a gerente de prevenção e acolhimento da Cendrogas, Sâmio Falcão e Pollyana Menezes, respectivamente.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA