AMARANTE

POLÍTICA

Deputada federal Iracema Portela lamenta a morte do ex-governador Guilherme Melo

Avatar

Publicado em

POLÍTICA


A deputada federal Iracema Portela  (PP-PI) divulgou nas redes sociais Nota de Pesar pelo falecimento do ex-governador do Piauí, Guilherme Cavalcante de Melo, com quem foi casada e teve uma filha.

Iracema disse que “dele ficam as boas lembranças”. E ressaltou que Guilherme era um homem bom, gentil e grande amigo do seu pai, o ex-governador Lucídio Portela, durante toda a sua vida.

A deputada lembrou ainda que Guilherme Melo era pai da sua primeira filha, a médica Cynthia Portela, e mantinha uma convivência serena e cordata ao longo dos anos. “Que Deus o receba com muito amor”, finalizou.

Durvalino Leal – Edição: Katya D’Angelles

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Escola do Legislativo abre inscrições para elaboração de projetos para captação de recurso
Propaganda

POLÍTICA

Franzé Silva anuncia cronograma de vacinação de pessoas com deficiência

Avatar

Publicados

em


A Câmara Técnica de Vacinas (CIB), setor vinculado à Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), emitiu, nesta quinta-feira (6), a Nota Técnica Nº 02/2021, cujo objetivo é orientar os municípios na condução da campanha de vacinação contra Covid-19 para grupos prioritários – pessoas com comorbidades, pessoas com deficiências permanentes, gestantes e puérperas.

A divulgação da Nota Técnica foi pautada pelo deputado estadual Franzé Silva (PT), durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), nesta quinta-feira (6). O parlamentar, autor da lei que garante vacinação prioritária contra Covid-19 a pessoas com deficiência (Lei Nº 7.476/202), destacou a importância da definição da ordem de vacinação desses grupos.

“Havia uma indefinição quanto às datas de vacinação e, com a Nota Técnica, temos garantido, definitivamente, o cronograma de vacinação das pessoas com deficiência, orientando os municípios. Estamos, portanto, muito felizes pelo fato de a Sesapi ter estabelecido a vacinação desse grupo de pessoas tão necessitadas”, pontua o deputado Franzé Silva.

A ordem de atendimento, quanto ao grupo de pessoas com deficiência, será de acordo com a disponibilidade de vacinas, sendo vacinadas, primeiro, pessoas com Síndrome de Down de qualquer idade a partir dos 18 anos; pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e pessoas com paralisia cerebral de qualquer idade a partir dos 18 anos; e pessoas com outras deficiências permanentes.

Leia Também:  PT fala em risco de derrota após queda de Dilma em pesquisa

Assessoria parlamentar – Edição: Katya D’Angelles
 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA