AMARANTE

ESPORTES

Coritiba perde do Operário no Campeonato Paranaense

Avatar

Publicado em

ESPORTES


O Coritiba viveu a sua primeira derrota na temporada de 2021, na tarde de sábado (03). Em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Paranaense, o Coxa jogou contra o Operário, e o Fantasma ganhou pelo placar de 1×0, com gol de Schumacher, no segundo tempo.

O próximo compromisso do Coxa será na Copa do Brasil, na terça-feira (06), contra o mesmo adversário. Desta vez, pela segunda fase da competição.

O jogo

Para a partida de hoje, o técnico Gustavo Morínigo optou por uma equipe bem modificada em relação aos primeiros jogos da temporada, também visando a disputa na Copa do Brasil durante a semana.

Com a bola rolando, o Fantasma começou imprimindo uma força ofensiva maior, e chegou com perigo ao gol coxa-branca ainda no primeiro tempo. No decorrer, o Coritiba foi conseguindo tomar os espaços, para criar jogadas na área do Operário, mas ainda sofria com a marcação adversária.

O gol do Fantasma foi no segundo tempo, aos 17’, com Schumacher. O técnico Morínigo promoveu alterações na equipe Alviverde, mas não conseguiu alcançar o empate. A vitória ficou com o time de Ponta Grossa.

  Operário e Botafogo empatam pela 19ª rodada da Série B

Leia Também:  Retorno de público aos estádios é rechaçado por Vasco, Flu e Botafogo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Marcelo Melo e Jean-Julien Rojer encerram parceria após dois meses

Avatar

Publicados

em


A parceria entre Marcelo Melo e Jean-Julien Rojer chegou ao fim. Por meio da assessoria de imprensa, o tenista brasileiro informou que a dupla disputará uma última competição junta, o Masters 1000 de Madri (Espanha), entre 2 e 9 de maio, e seguirá caminhos opostos após dois meses.

Os resultados não foram os esperados pela dupla, que passou a jogar junta em março. Melo e Rojer atuaram em sete competições, mas foram além da primeira rodada uma vez, no ATP 250 de Doha (Catar). A sétima derrota em oito partidas ocorreu na última terça-feira (19), na estreia do ATP 500 de Barcelona (Espanha).

“Conversamos em Barcelona e chegamos a um acordo de que seria melhor para cada um buscar um caminho novo. Tentamos de todas as formas fazer a dupla funcionar. Troquei de lado, o Jean-Julien trocou de lado. Jogamos no saibro, na quadra dura, na coberta. Buscamos de várias maneiras possíveis. Infelizmente, a nossa parceria não casou”, explicou Melo, número 18 do ranking de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), em nota à imprensa.

Leia Também:  Retorno de público aos estádios é rechaçado por Vasco, Flu e Botafogo

“Por isso, a dupla também é muito difícil nesse aspecto. Tem de achar um parceiro ideal. Por mais que tenhamos semelhança em muita coisa, não deu. Então, seguimos adiante e vou pensar nessas próximas semanas nas opções, em quem seria esse parceiro ideal”, completou o mineiro, de 37 anos.

Antes do último torneio ao lado de Rojer (27º), o brasileiro disputa o ATP 250 de Munique (Alemanha) a partir de segunda-feira (26) ao lado do alemão Mischa Zverev (221º), irmão mais velho de Alexander Zverev, sexto no ranking de simples da ATP. Já a primeira competição após o fim oficial da parceria com o neerlandês será o Masters 1000 de Roma (Itália), entre 9 e 16 de maio, com o croata Marin Cilic, 44º do mundo em simples e 305º em duplas.

Melo e Rojer anunciaram a dupla no fim do ano passado, após o brasileiro encerrar a parceria de quatro anos com o polonês Lukasz Kubot (17º). Como o tenista neerlandês seria pai em fevereiro, o mineiro iniciou a temporada jogando com o romeno Horia Tecau (24º), com quem competiu em torneios na Oceania, entre eles, o Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam de 2021.

Leia Também:  Conrado é reeleito presidente do CPB e vice será medalhista Yohansson

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA