AMARANTE

Piauí

Coordenadora do CAODEC representa MPPI na abertura de Formação Continuada para Conselheiros Municipais de Educação realizada pelo TCE-PI

Publicado em

Piauí


A promotora de Justiça e coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação e Cidadania (CAODEC), Flávia Gomes Cordeiro, representou o Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), durante Formação Continuada para Conselheiros Municipais de Educação, realizada pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), nesta terça-feira (3).

Promovida de forma remota, a formação reúne conselheiros e servidores técnicos das Secretarias Municipais de Educação com o intuito de instruí-los sobre normatização e implantação educacional no âmbito dos Sistemas Municipais de Ensino.

Durante sete dias dos meses de agosto, setembro e outubro, servidores dos 224 municípios piauienses estudarão o papel dos Conselhos Municipais de Educação no processo de gestão democrática, fortalecendo as políticas públicas educacionais para garantir a educação pautada na legalidade. Serão apresentadas, ainda, as etapas do processo de fiscalização, como a concepção, desenvolvimento, operacionalização e avaliação do Plano Anual de Trabalho do Conselho.

Hoje, na abertura do evento, a coordenadora do CAODEC (órgão auxiliar do MPPI), exemplificou como a instituição ministerial tem atuado no processo de garantia do direito de aprender. “A gestão democrática é própria do processo educacional e os Conselhos de Educação representam isso. Nossa instituição assemelha-se muito aos Conselhos quando sempre realiza suas ações por meio da mediação dialógica. De forma coletiva, buscamos a construção de soluções para as questões que envolvam o processo educacional. Por isso, sempre participamos de espaços de debate como esse ocorrido hoje”, disse Flávia Gomes.

Leia Também:  SASC realiza ações de enfrentamento ao trabalho escravo e ao trabalho infantil em Miguel Alves

Na abertura, a conselheira e presidente do TCE-PI, Lilian Martins, pontuou a parceria estabelecida entre o MPPI o TCE-PI na fiscalização da administração pública e efetivação de políticas públicas.

Algumas metas da formação foram explanadas pelo diretor de Fiscalizações Especializadas (DFESP) do TCE-PI, Gilson Araújo, e pela chefe da Divisão de Fiscalização da Educação do TCE-PI, Caroline Leite.

A professora e coordenadora estadual dos Conselhos Municipais de Educação no Piauí (UNCME), Lilica; a vice-presidente da região Centro-oeste – UNCME/MT, conselheira e professora Regina Lúcia Borges Araújo e o professor o Genuíno Bordignon, filósofo de formação, escritor e grande educador brasileiro, apresentaram dados e informações relevantes para a atuação de todos os partícipes.

Mais informações acerca da programação podem ser obtidas pelo telefone: (86) 3215-3927.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Piauí

Blitz educativa chama a atenção para a responsabilidade no trânsito

Publicados

em


Na manhã desta quarta-feira (22), a Águas de Teresina realizou blitz educativa com o objetivo de trabalhar a conscientização para um trânsito mais seguro e humanizado com os condutores que trafegavam na avenida Professor Camilo Filho. A ação integra a programação da Semana Nacional de Trânsito e contou com a participação do Programa Vida no Trânsito (PVT), da Polícia Rodoviária Federal, Ciptran, Detran, Strans, Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual, Ciptran, Secretaria Estadual de Saúde e Samu.

“Cuidar de vidas é algo que está na natureza da Águas de Teresina. Segurança e percepção de risco são essenciais no cuidado com a vida, não só dos nossos colaboradores, como de todos da sociedade. Hoje, possuímos uma frota de mais de 200 veículos operacionais circulando pela capital, o que torna oportuno o desenvolvimento de atividades como essas com foco no comportamento atento e seguro de todos no trânsito”, destacou Fernando Lima, diretor-executivo da empresa.

A rota educativa consistiu na entrega de panfletos informativos, sacolinhas de lixo e orientações sobre as regras de trânsito e as medidas de segurança de motoristas e pedestres. Para a motociclista Railane Andrade, a iniciativa é bastante importante, uma vez que tem ocorrido muitos acidentes na capital, envolvendo principalmente condutores de moto. “Essa conscientização é essencial. Eu mesma fui vítima de acidente de trânsito, por conta da imprudência do outro, então é mais do que urgente, ações como esta”, detalhou.

Leia Também:  Empresários alemães demonstram interesse em investir no Nordeste

A iniciativa contou também com palestra ministrada pela Polícia Rodoviária Federal aos colaboradores da empresa. O inspetor Segundo, durante sua palestra, chamou a atenção para ações que prejudicam a segurança nas vias. “O trânsito é uma atividade social em que todos têm a mesma responsabilidade, no cuidado com a vida do outro e em manter a atenção durante a condução de um veículo, evitando ações que podem prejudicar uma direção segura, como atender o celular, por exemplo”, comentou.

O colaborador Edmar, do setor de Manutenção da Águas de Teresina, reforçou que recebeu orientações preciosas para o desenvolvimento de bons hábitos no trânsito. “A palestra tirou muitas dúvidas e trouxe informações importantes para o nosso dia a dia, mostrando o que é necessário para colocar em prática atitudes preventivas e que evitem acidentes”, disse.

De acordo com dados divulgados, recentemente, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, de cada 10 vítimas de acidentes fatais, 8 são homens e, nos últimos 17 anos, o número de acidentes envolvendo motocicletas subiram de 8% para 33%.

Leia Também:  Bando explode com dinamites caixa eletrônico em Boqueirão do Piauí
Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA