AMARANTE

PIAUÍ

Conselheira Lilian Martins recebe homenagem em talk show promovido pelo CNPTC

Avatar

Publicado em

PIAUÍ


O Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC) e o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás (TCM-GO) realizaram, na tarde dessa segunda-feira (29), o talk show “As mulheres mudam o mundo”. O objetivo foi, ainda no mês em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher, homenagear e valorizar o trabalho das mulheres do Sistema Tribunais de Contas, que são presidentes em diversos Tribunais de Contas do país.

A conselheira Lilian Martins, presidente do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), foi uma das homenageadas e também participou do talk show, que discutiu sobre os desafios enfrentados por mulheres e os caminhos percorridos por elas para ocupar cargos importantes. Durante a conversa, a trajetória e o currículo da conselheira Lilian Martins, com passagens em diferentes áreas, como o direito, a saúde pública e a política, foram destacados.

A presidente do TCE-PI ressaltou a importância de as mulheres serem protagonistas e citou o Tribunal de Contas que administra como um exemplo de instituição que mantém a representação feminina em cargos de gerência e de chefia. “A gente sabe que as cobranças são muitas, mas eu entendi ao longo do tempo que a democracia não existiria sem a igualdade. Sempre lutei muito por essa causa e continuo ao longo da minha vida”, afirmou.

Leia Também:  Arinaldo Leal vence a disputa na APPM com 81 votos

A conselheira pontuou, também, a relevância de mulheres escritoras, educadoras, políticas, cientistas e de inúmeras outras áreas que, mesmo com limitações, proporcionaram ganhos significativos. “Essas mulheres piauienses, brasileiras e de diversas partes do mundo foram importantes para permitir que nós chegássemos onde estamos. Quero colocar a importância que cada uma de nós que está aqui tem tido para mudar a vida de muitas pessoas”, finalizou.

Além da conselheira Lilian Martins, foram homenageadas a ministra Ana Lúcia Arraes de Alencar, presidente do Tribunal de Contas da União (TCU); a conselheira Cristiana de Castro Moraes, presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP); a conselheira Mara Lúcia Barbalho da Cruz, presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Pará (TCM-PA), e a conselheira Maria de Lourdes Lima de Oliveira, presidente do Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE-PA).

Clique aqui para conferir a live na íntegra, transmitida pelo canal do CNPTC no YouTube.

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

PIAUÍ

Covid-19: Entenda a importância de trocar a escova de dentes e evitar reinfecção

Avatar

Publicados

em

Fazer a troca de escovas de dentes no tempo determinado além de ser importante para a qualidade da saúde bucal, é fundamental para preservar a parte interna da boca, protegendo- a de bactérias, tártaros, cáries e também para evitar nova infecção causada pelo novo coronavírus. Quem explica sobre isso é o odontólogo e especialista em ortopedia funcional dos maxilares, Renzo Menezes.

“O melhor período para a troca da escova de dentes é a cada três meses, mas depende muito da força usada na escovação. Com isso o período da troca pode diminuir para 2 meses, já que as cerdas podem ficar danificadas com mais facilidade”, esclarece.

Outra recomendação do odontólogo é que durante e após o tratamento da infecção pelo Sars-CoV-2, também é importante que seja realizada a troca.

“Para não ocorrer uma nova reinfecção é adequado que seja trocada a escova de dente. Como o coronavírus é encontrado em nossa saliva e a escova dental está em contato direto na cavidade bucal onde ela se encontra, a escova consequentemente vai está contaminada com o vírus”, afirma.

Leia Também:  Em vídeo, Wellington Dias deixa mensagem da Semana Santa aos piauienses: "período de muita reflexão"

Alguns especialistas afirmam que da mesma forma que água e sabão podem ajudar na desinfecção, água e pasta de dente são itens necessários para eliminar o vírus da escova. Nesse caso é reforçada a necessidade da eliminação total para a não contaminação.

“É importante fortalecer o pedido da troca, pois na desinfecção a pessoa poderá não eliminar 100% o vírus presente nas cerdas da escova, por mais que ele use água e sabão ou um enxaguante, pode não eliminar a quantidade do vírus”, finaliza.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA