AMARANTE

ESPORTES

Com caso de covid-19 na seleção, judocas são isolados na Turquia

Avatar

Publicado em

ESPORTES


Os 15 atletas brasileiros que disputaram o Grand Slam de Tbilisi (Geórgia) de judô no último fim de semana estão fora do Grand Slam de Antalya (Turquia), que começa na próxima quinta-feira (1º). Eles foram afastados após Eduardo Yudi Santos, da categoria até 81 quilos, testar positivo para o novo coronavírus (covid-19) no exame que antecede a entrada na bolha sanitária da competição.

O protocolo local prevê que todos que tiveram contato com a pessoa infectada sejam isolados, mesmo que testem negativo para o coronavírus. Segundo a Confederação Brasileira de Judô (CBJ), os atletas são acompanhados pelo médico da seleção nacional, Rafael Sugino. Eduardo já não tinha competido na Geórgia (de forma preventiva) por ter estado próximo a Eduardo Katsuhiro (da categoria até 73 quilos), cujo exame feito em Tbilisi, antes do torneio, deu positivo para covid-19.

Com isso, o país será representado por quatro judocas que não competiram em Tbilisi e viajaram direto do Brasil: Eric Takabatake (até 60 quilos), William Lima, Daniel Cargnin (ambos até 66 quilos) e David Moura (acima de cem quilos). A competição em Antalya garante ao campeão mil pontos no ranking de classificação da Olimpíada de Tóquio (Japão). Eric, William e Daniel combatem nesta quinta, enquanto David vai ao tatame no sábado (3), último dia do evento.

Leia Também:  Judô: seleção treina em São Paulo para primeira competição do ano

“É um momento, realmente, de muito cuidado e precaução e que exige um esforço conjunto de toda a comunidade do judô para minimizar os riscos de contaminação e para que as competições aconteçam em ambiente seguro para todos os participantes. Nossos atletas estão frustrados, mas entendem que a saúde e a segurança de todos é prioridade”, afirmou Ney Wilson, gestor de Alto Rendimento da CBJ, ao site oficial da entidade.

Após o torneio na Turquia, a seleção brasileira de judô terá pela frente o Campeonato Pan-Americano da modalidade, em Guadalajara (México), entre os dias 15 e 18 de abril. De 5 a 7 de maio, o desafio será o Grand Slam de Kazan (Rússia). Por fim, entre 6 e 13 de julho, os judocas disputam o Mundial de Budapeste (Hungria), que encerra a classificação olímpica.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Pré-Olimpicos de Saltos Ornamentais e Águas Abertas têm novas datas

Avatar

Publicados

em


A Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou nesta sexta-feira (8) que remarcou para o período de 1 a 6 de maio a Copa do Mundo de Saltos Ornamentais em Tóquio (Japao), e realizará o Pré-Olímpico de Águas Abertas (maratonas aquáticas) nos dias 19 e 20 de junho, na cidade de Setúbal (Portugal). As competições foram adiadas no último dia 1º de abril, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

Por meio de nota oficial, a entidade disse que ainda estuda uma nova data para o Pré-Olímpico de Nado Artístico, inicialmente marcado para o período de 18 a 23 de abril, em Tóquio. O torneio foi cancelado no último dia 3, também em razão da pandemia. 

No Pré-Olímpico de Saltos Ornamentais, o Brasil será representado por oito atletas classificados em seletiva realizada em fevereiro, no  Rio de Janeiro: Ingrid Oliveira, Giovanna Pedroso, Anna Lucia Santos, Luana Lira, Isaac Souza, Ian Matos, Luis Felipe Moura e Kawan Pereira. 

Leia Também:  Napoli-SC bate Botafogo e fica mais perto do título do Feminino A2

Em março, foi realizada a Seletiva Brasileira para o Pré-Olímpico de Maratona Aquática. Foi definido que Guilherme Costa e Allan do Carmo representarão o Brasil em busca da última vaga para as Águas Abertas.

Os nadadores Guilherme Costa e Allan do Carmo vão brigar pela da última vaga para no Pré-Olímpico de  Águas Abertas. Eles se classificaram em março, em seletiva brasileira. 

No Pré-Olímpico de Nado Artístico, o país terá o dueto Laura Micucci e Luisa Borges.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA