AMARANTE

ESPORTES

Coluna – Começa a temporada 2021 do futebol brasileiro

Avatar

Publicado em

ESPORTES


O Flamengo conquistou o Campeonato Brasileiro nos dois últimos anos. No mesmo período, dois técnicos portugueses, à frente de times brasileiros (Flamengo e Palmeiras), faturaram a Copa do Brasil e a Copa Libertadores. Tanta superioridade será posta à prova no domingo (11), quando as duas equipes se enfrentam pelo título da Supercopa do Brasil, que, se não abre a temporada do futebol brasileiro, certamente chamará mais a atenção do que os estaduais em andamento.

O Flamengo já não tem Jorge Jesus no comando, mas, com Rogério Ceni, garantiu o bicampeonato brasileiro consecutivo e a vaga na Supercopa. O Palmeiras mantém Abel Ferreira, e o duelo entre o técnico brasileiro e o português é mais um ingrediente da decisão. E será que as equipes de Ceni e de Abel serão os protagonistas da temporada 2021?

Leia Também:  Após reunião com Gaviões, Emerson pede desculpas por foto e cutuca são-paulinos

O campeão da Supercopa vencerá um jogo, uma taça, mas de forma alguma poderá se declarar o favorito aos títulos do ano. Isto porque o Atlético Mineiro conta com um dos elencos mais recheados e caros, e é comandado pelo técnico Cuca, atual vice-campeão da Libertadores com um Santos bem mais fraco tecnicamente do que outros adversários continentais.

Mas, sinceramente, não acredito que outra equipe entre nessa briga em iguais condições aos três. É evidente que surpresas acontecem, mais ainda na Copa do Brasil, com jogos eliminatórios que permitem uma eliminação inesperada. Para isto basta um dia ruim. Na Copa Libertadores, o caminho das equipes será conhecido na próxima sexta-feira (9), no sorteio da Conmebol, mas os jogos eliminatórios, a partir das oitavas de final, também possibilitam surpresas. Mas a presença de equipes sul-americanas tradicionais faz com que a superioridade de Atlético, Flamengo e Palmeiras seja um pouco minimizada.

Numa análise mais profunda das três equipes que considero candidatas ao título do Brasileirão, arrisco que o Flamengo é o time mais qualificado e entrosado, até por conta dos dois anos de trabalho conjunto. Ceni e Abel estão à frente de suas equipes desde novembro, e nesse aspecto levam alguma vantagem sobre Cuca. No entanto, o técnico do Galo é mais experiente e com mais conhecimento do futebol brasileiro. Como Ceni, já ganhou um Brasileirão. Como Abel, já conquistou uma Libertadores. Além disso, já foi campeão por Flamengo e Palmeiras.

Leia Também:  Apostador de Londres acerta os 7 a 1 para a Alemanha e ganha 2 .500 euros

Mas técnico ganha jogo? E título? A final da Supercopa já poderá começar a responder essa pergunta.

* Sergio du Bocage é apresentador do programa No Mundo da Bola, da TV Brasil.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Pré-Olimpicos de Saltos Ornamentais e Águas Abertas têm novas datas

Avatar

Publicados

em


A Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou nesta sexta-feira (8) que remarcou para o período de 1 a 6 de maio a Copa do Mundo de Saltos Ornamentais em Tóquio (Japao), e realizará o Pré-Olímpico de Águas Abertas (maratonas aquáticas) nos dias 19 e 20 de junho, na cidade de Setúbal (Portugal). As competições foram adiadas no último dia 1º de abril, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

Por meio de nota oficial, a entidade disse que ainda estuda uma nova data para o Pré-Olímpico de Nado Artístico, inicialmente marcado para o período de 18 a 23 de abril, em Tóquio. O torneio foi cancelado no último dia 3, também em razão da pandemia. 

No Pré-Olímpico de Saltos Ornamentais, o Brasil será representado por oito atletas classificados em seletiva realizada em fevereiro, no  Rio de Janeiro: Ingrid Oliveira, Giovanna Pedroso, Anna Lucia Santos, Luana Lira, Isaac Souza, Ian Matos, Luis Felipe Moura e Kawan Pereira. 

Leia Também:  São Paulo empata com Athletico-PR e segura liderança do Brasileiro

Em março, foi realizada a Seletiva Brasileira para o Pré-Olímpico de Maratona Aquática. Foi definido que Guilherme Costa e Allan do Carmo representarão o Brasil em busca da última vaga para as Águas Abertas.

Os nadadores Guilherme Costa e Allan do Carmo vão brigar pela da última vaga para no Pré-Olímpico de  Águas Abertas. Eles se classificaram em março, em seletiva brasileira. 

No Pré-Olímpico de Nado Artístico, o país terá o dueto Laura Micucci e Luisa Borges.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA