AMARANTE

ESPORTES

City vence PSG em Paris e fica perto da final da Liga dos Campeões

Avatar

Publicado em

ESPORTES


O Manchester City (Inglaterra) deu um passo gigante para garantir, pela primeira vez na história, a classificação para uma final de Liga dos Campeões, após derrotar o PSG (França), do brasileiro Neymar, por 2 a 1 em partida realizada nesta quarta-feira (28) no Parque dos Príncipes, em Paris.

Atuando em casa, o time francês conseguiu abrir o placar ainda no primeiro tempo, com um gol de cabeça do zagueiro brasileiro Marquinhos, após cobrança de escanteio, aos 14 minutos.

Porém, na etapa final a equipe comandada pelo técnico espanhol Pep Guardiola tomou conta do confronto e conseguiu a virada. O empate saiu aos 18 minutos quando o belga De Bruyne levantou na área a bola, que não sofreu desvio algum e acabou enganando o goleiro Navas.

Sete minutos depois, a virada do City saiu em nova falha da defesa do PSG. O argelino Mahrez cobrou falta, a barreira da equipe francesa abriu e o goleiro costarriquenho não pôde fazer nada.

Leia Também:  Seleção francesa é um objetivo, mas não agora, afirma Zidane

A situação da equipe do brasileiro Neymar viu a situação complicar ainda mais quando o senegalês Gueye foi expulso após entrada muito dura em cima do alemão Gündogan.

Com a vitória fora de casa, o City recebe o PSG na próxima terça-feira (4) em uma situação muito confortável no jogo de volta das semifinais da Liga dos Campeões.

* Com informações da agência de notícias Reuters.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Uefa anuncia sanções a clubes, após acordo com desertores da Superliga

Avatar

Publicados

em


Os três times que continuam envolvidos na operação da Superliga dissidente, Real Madrid, Barcelona e Juventus, enfrentarão sanções da Uefa, que chegou a um acordo com os nove outros clubes.

A entidade que governa o futebol europeu disse nesta sexta-feira (7) que os nove clubes que desistiram do plano assinaram uma “Declaração de Comprometimento de Clube” que inclui uma série de etapas de “reintegração”.

Os seis times ingleses – Manchester United, Liverpool, Manchester City, Chelsea, Tottenham Hotspur e Arsenal – além de Milan, Inter de Milão e Atlético de Madri, assinaram o acordo, disse a Uefa em um comunicado.

“Estes clubes reconheceram seus erros rapidamente e agiram para demonstrar sua contrição e seu comprometimento futuro com o futebol europeu”, disse o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin. “O mesmo não pode ser dito dos clubes que continuam envolvidos na chamada ‘Superliga’, e a Uefa lidará com estes clubes subsequentemente”.

A Uefa disse que agora está iniciando procedimentos disciplinares contra Juventus, Real e Barca.

“A Uefa se reservou todo o direito de adotar qualquer ação que considere adequada contra estes clubes que até agora se recusam a renunciar à chamada ‘Superliga’. A questão será encaminhada prontamente aos organismos disciplinares competentes da Uefa”.

Os nove times que voltaram à Uefa concordaram em “adotar todas as medidas em seu poder” para encerrar seu envolvimento na empresa Superliga.

Leia Também:  'Essa recepção que tive em Amarante vai ser minha inspiração nas lutas', diz Massaranduba

A liga dissidente foi anunciada no mês passado, mas fracassou depois de meras 48 horas.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA