3:11 pm - sábado novembro 23, 5793

Fraude: dentre os presos na Operação Vigiles há pessoas de São Francisco do MA e de Amarante

Edição e postagem: Denison Duarte, em 18-11-2016 11:13 | Última modificação: 17-09-2017 23:49
Hospital de Olhos

Dentre os presos na Operação Vigiles, deflagrada pela Polícia Civil do Piauí nesta quinta-feira (17), estão os franciscoenses Monnuery Pacheco e Emerson Araújo, e também a amarantina Valéria Vanessa.

Eles, segundo a Secretaria de Segurança do Piauí, integravam a quadrilha que fraudou o concurso público do Corpo de Bombeiros do Piauí, realizado em 2014.

A Operação levou à prisão 27 pessoas, de acordo com o balanço da Polícia Civil, nesta quinta-feira. Outros nove integrantes estão sendo considerados foragidos pela Polícia Civil.

Em entrevista à imprensa do Piauí, delegados apontaram que a quadrilha era composta de advogados, candidatos e fiscais.

Aproximadamente 15 dos envolvidos estavam em aula nesta quinta-feira no Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros quando receberam voz de prisão.

Com o cumprimento da Operação, o comandante geral do Corpo de Bombeiros, Carlos Frederico, afirmou que o curso de formação está suspenso temporariamente.

“O curso de formação está suspenso temporariamente para que possamos deliberar sobre os próximos passos. Não esperávamos que isso pudesse ocorrer numa instituição com credibilidade e confiabilidade como é o Corpo de Bombeiros”, disse ele.

Em entrevista ao Somos Notícia, o delegado geral de Polícia Civil, Riedel Batista, afirmou que as penas imputadas aos envolvidos vão variar conforme a participação deles na fraude.

“Todos são acusados de associação criminosa. Além disso, alguns vão ainda ter uma tipificação, disse ele.

O delegado disse ainda que “o próximo passo será ouvir os envolvidos para conclusão do inquérito policial, que será encaminhado à justiça”.

Alguns integrantes presos nesta quinta-feira estão com prisão temporária e outros com prisão preventiva e alguns vão ter a prisão convertida de temporária para preventiva.

A prisão temporária, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), tem duração de cinco dias, prorrogáveis por igual período. A prisão preventiva não tem prazo definido, e pode ser decretada em qualquer fase da operação.

De acordo com o secretário Riedel Batista, ainda são nove os foragidos. Todos estão sendo procurados pela polícia.

As investigações da Operação Vigiles foram iniciadas em abril de 2016, logo após a Operação Véritas, que também investigou fraudes em concursos públicos no Piauí e Maranhão e culminou com prisões de membros da quadrilha nos dois estados.

Riedel Batista aponta que o sucesso da operação serve para coibir a prática de fraudes em concursos públicos. “Essa investigação, assim como sua divulgação, colaboram para coibir a prática. Outro fator de relevância é a mudança da metodologia dos institutos na realização de concursos públicos.”

Operação Vigiles (Fotos: Secretaria de Segurança)

fraude-concurso-96651971-8a98-4edd-a073-9f55edd39918fraude-concurso-d2cde65b-1498-4945-aec1-4109d542402dfraude-concurso-d1675b60-b69e-4584-8905-707314c4cddcfraude-concurso-90538926-6092-4392-9512-e908e49d2758

fraude-concurso-03821325-0b3b-4e17-b9ed-c23f740ef519

fraude-concurso-554626f5-3c86-4fa5-a1f0-8fc6b477b816

fraude-concurso-48970ba7-f8f1-4712-b782-8413674da8ae

fraude-concurso-7021ca50-4951-4e0a-9db1-a61b929381ed

fraude-concurso-97baadf4-1f9c-436b-ac22-d704aa478107

fraude-concurso-90af9c89-baac-4f15-be1b-522c57c514cc

fraude-concurso-049f41fe-5e98-416f-818e-bb8f14683181

fraude-concurso-8d45dc73-158d-41e7-8f3a-164c8a671d2e

 

fraude-concurso-7b7f8bc9-40d7-4fd4-be0f-8615dca1917a

fraude-concurso-5dcfb0ff-683f-4899-b573-916750bf197d

fraude-concurso-05c953ea-fe52-4b0d-b5c3-eb87a464e950

fraude-concurso-4f452a02-6ae6-4bc5-858f-939de8198c41

fraude-concurso-2eb08ecf-980b-455e-92d3-4ed92b5e9898

 

fraude-concurso-1df6dac2-f951-42c3-96ce-d469344f2f55

fraude-concurso-1a71931f-83a7-4271-aae6-d84b018e21fd

fraude-concurso-fca2e7ac-4a9c-450c-a1c6-98b5a5107529

fraude-concurso-e4148d78-151b-4b88-b8df-6914b326edde

fraude-concurso-e72a6259-766a-45a9-b06d-ae38b3cb9600

fraude-concurso-d2681f75-1128-4571-8e98-8c56273018ca

 

 

fraude-concurso-bbd913d2-d0cf-444c-a187-065008728e16

fraude-concurso-a028d316-ff63-44f0-b950-bdfaadfe66b1

fraude-concurso-a3c18a06-c9ee-4854-88a3-34aae5a7d1e4

fraude-concurso-a2e22093-95c5-490a-acff-db1912ea456a

 

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE