Menu...

18 de dezembro de 2017

Manifestantes de Amarante serão chamados pelo Ministério Público Federal por danos à BR-343


Hospital de Olhos

Ministério Público Federal – Interditar rodovias federais provocando danos ao patrimônio da União pode resultar em sérios problemas para quem participa de manifestações.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está identificando os participantes da manifestação ocorrida na BR-343, em Amarante, no dia 17 de abril, nas proximidades da comunidade Salobro. Os integrantes, segundo a PRF, danificaram a pavimentação asfáltica no local.

Os protestos aconteceram contra o impeachment da então presidente, Dilma Rousseff. No mesmo dia, em outros lugares pelo Brasil, houve manifestações com a mesma finalidade.

Entrevistado pelo Somos Notícia, o agente rodoviário federal, B. Oliveira, informou que os integrantes, além de impedirem a passagem dos veículos por longas horas durante a manifestação, provocaram danos ao patrimônio da União.

Segundo ele, a PRF está seguindo orientações de promotores federais. “O Ministério Público Federal vai determinar que todos respondam pelos danos causados. Até o momento estamos identificando as pessoas que participaram”, disse o agente.

Alguns dos supostos envolvidos já foram procurados pela PRF na última semana. A entrada da viatura na zona urbana do município, o que é pouco comum, provocou estranheza aos populares.  De acordo com o agente, seis pessoas já estão identificadas e já sabendo que vão ser interrogadas pelo Ministério Público Federal.

Do Ministério Público Federal à Polícia Federal

De acordo com a PRF o Ministério Público Federal, depois de ouvir os envolvidos, vai encaminhar o inquérito à Polícia Federal, que deverá dar continuidade ao processo.

“Tivemos longas horas com os manifestantes na tentativa de um acordo. Eles atearam fogo sobre a pista, danificando a pavimentação”, completa B. Oliveira, ao afirmar que as pessoas estão negando a participação na fase de identificação.

“Eles vão dar essas explicações ao Ministério Público Federal”, encerra.

Edição e postagem: Denison Duarte


Tags:

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE