Menu...

13 de dezembro de 2017

Horta é entregue pelo STR a moradores da Lagoa, em Amarante, em homenagem a Carlos Higino


Hospital de Olhos

A comunidade Lagoa, zona rural de Amarante, recebeu dos diretores do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) no final da tarde deste sábado (9) a sua primeira horta comunitária. O espaço de produção, de 500 m², recebeu o nome do morador e líder comunitário, Carlos Higino, conhecido como Carrin (In Memoriam). Uma placa na entrada do plantio traz o nome do morador.

Participaram da entrega da horta e da homenagem póstuma o prefeito Diego Teixeira, o deputado estadual Cícero Magalhães, o presidente do Emater-PI, Marcos Vinícius, os secretários municipais – Clístenes Moura (Educação) e José Messias (Agricultura), dentre outros assessores. Os convidados visitaram as plantações dos moradores.

A horta é um projeto piloto desenvolvido pelo STR que já está beneficiando 12 famílias da comunidade. De acordo com o Sindicato, a produção será adquirida pela prefeitura de Amarante, através da Secretaria de Educação, para alimentação escolar.

Um kit de irrigação foi doado pelo STR de Amarante para a execução do projeto, que está sendo feito em um lote de terras da entidade. O Emater-PI, se configurou como parceiro ministrando uma semana de curso de Horticultura às famílias e viabilizando a entrega de sementes para o plantio.

O projeto da horta comunitária a outras localidades

“Que bom que o Emater-PI pôde dar essa pequena contribuição a esta comunidade com assistência técnica e com as sementes, por meio de uma colaboração do deputado Cícero Magalhães. A diretoria do STR nos procurou para a parceria e aceitamos participar. Eu quero que esse modelo de produção se estenda por toda a Amarante, pois estamos dispostos a ajudar”, disse o presidente do Emater no Piauí, Marcos Vinícius.

Em entrevista ao SOMOS NOTÍCIA, o secretário geral do STR, Leomar Duarte, afirmou que outros nove kits foram doados, o que, segundo ele, possibilita a execução de projetos semelhantes em outras localidades. “Nós da diretoria do STR sorteamos aos agricultores nove kits iguais a esse da Lagoa. A iniciativa certamente vai significar uma melhoria de vida financeira e uma valiosa contribuição na qualidade de vida por meio da alimentação das famílias dessas localidades.”

A presidente Luíza Neta assegura que o projeto é a realização de um sonho. “Que essa horta comunitária seja a certeza de que tudo é possível na realização de um sonho quando todos sonham e lutam juntos. Quero agradecer à comunidade e às famílias pela dedicação nesse projeto. Entregamos aos moradores esse instrumento de produção para a melhoria da vida dessas famílias”, afirmou a presidente do STR.

O secretário de Educação, Clístenes Moura, parabenizou ao sindicato pela iniciativa da horta comunitária e pela homenagem ao morador Carlos Higino. “É uma excelente ideia esse projeto. Parabenizo ao sindicato por possibilitar essa produção de gêneros alimentícios aos moradores. Além de alimentar essas famílias, vai proporcionar uma vida financeira melhor a cada um.”

Horta comunitária reconhecida como projeto piloto para Amarante

O presidente do Sindicato dos Pescadores, José de Arimatéia, considerou que o projeto é uma forma diferenciada de investir. “Quero parabenizar a toda a diretoria pelo esforço e dedicação em fazer algo diferente, a exemplo do que está realizando o sindicato. É gratificante estarmos apoiando esse incentivo a essa comunidade. Quem luta e vai buscar, tem êxitos no que faz”.

O deputado Cícero Magalhães, acredita que o projeto que hoje contempla 14 famílias, tem tudo para servir de modelo para Amarante e contemplar um número muito maior de pessoas.

“Com certeza esta célula será um grande projeto para Amarante, eu não tenho dúvida disso e que se transformará em um grande projeto. No próximo ano, vamos fazer uma parceria para implantarmos módulos de horticultura nas localidades de Amarante para que todos tenham renda. São 14 famílias beneficiadas nesse projeto. Parece pouco, mas não é”, disse o legislador do estado.

O prefeito de Amarante, Diego Teixeira, considera que o projeto é um modelo para todo o município. Ele defende que expandir a ideia é parte do projeto, que vai contemplar moradores em toda a extensão rural do município.

“Essa horta comunitária é um projeto fantástico e de suma importância porque é um modelo para Amarante. O que existe hoje na Lagoa queremos implantar em todo o município. Através da Secretaria de Educação, estamos comprando toda a produção da Lagoa. Queremos futuramente produzir para vender a todos os municípios no entorno de Amarante”, disse ele.

Homenagem a Carlos Higino

Sebastião Campelo
“O Carrin era um amigo de longas datas, desde 1982, sempre à frente dos movimentos sociais. Ele sempre foi muito hábil e atípico.”

José Messias Leal
“A homenagem foi feita ao Carrin de forma merecida, pois ele, ao longo de décadas, desenvolveu o árduo papel de educador. Carrin representou o seu povo nas conquistas de lutas liderando movimentos sociais e políticos, até mesmo em uma candidatura a prefeito de Amarante pelo PT, e com muita dificuldade. Isso não pode deixar de ser lembrado por todos nós. A família se sente abraçada porque essa é uma homenagem merecida. Eu conheci o Carrin na década de 80. Essa homenagem é mais do que justa a alguém que teve toda a sua vida ligada aos movimentos sociais. Estão de parabéns todo o sindicato e os moradores daqui.”

Luíza Neta 
“Nós queríamos fazer uma surpresa a ele. Essa homenagem representou um pouco do que ele realmente foi para a comunidade.”

Diego Teixeira
“O Carrin foi alguém que sempre esteve à frente do seu tempo. Ele nasceu na comunidade e quis que essa comunidade progredisse. Ele passou esse sentimento maravilhoso para mim. Essa placa é apenas um pequeno símbolo. Ele queria que o desenvolvimento da comunidade fosse muito mais à frente, e nós vamos construir juntos. Nós vamos expandir para toda a comunidade, conforme ele queria.”

Maria Elisabete Ribeiro Ferreira (Filha do homenageado)
“Queremos agradecer à diretoria do STR por estar homenageando uma pessoa muito querida da comunidade, que era o meu pai. Ele lutou muito para que esta comunidade estivesse bem melhor. O que esteve ao alcance dele ele fez. Lutou no Sindicato Rural, em associações e na política como primeiro candidato a prefeito de Amarante pelo Partido dos Trabalhadores. Entre muita coisa, digo ainda que o meu pai foi professor e alfabetizou todas as pessoas da Lagoa”

Placa da horta comunitária na comunidade Lagoa | Fotos: Denison Duarte

Tags:

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE