Menu...

Última Notícia

12 de dezembro de 2017

Gestão de Diego Teixeira à frente do município foi foco de discussão entre vereadores durante sessão


Hospital de Olhos

Sem pautas para discussão e nem votação, o Legislativo Municipal de Amarante retornou às sessões ordinárias nesta sexta-feira, 15, após 30 dias de recesso.

Os vereadores ativeram-se a fazer uma avaliação do período de administração do presidente da Câmara, Diego Teixeira, enquanto gestor do município durante quase 90 dias, além de fazerem uma rápida homenagem a Eduardo Campos, presidenciável recém-falecido no trágico acidente ocorrido na última quarta-feira, 13, em Santos(SP).

Dez dos 11 vereadores estiveram presentes na Câmara: Milana Vilarinho, José Ribeiro, Agapto Alves, José Itamar, Zé Pereira, Juliano Ayres, Diego Teixeira, Inácio Pinto, Rogério Macêdo, Aldeci Azevedo.

José Ribeiro intitulou de “grande perda para o Brasil” a morte de Eduardo Campos, opinião reforçada pelos demais membros do Legislativo Municipal. “Ele era um exemplo como político, foi uma grande perda para o Brasil a sua morte”, disse o vereador.

A administração de Diego Teixeira, frente ao município, foi elogiada por José Ribeiro. Segundo ele, ficou comprovado que Amarante tem jeito. “Parabenizo Diego Teixeira. Ele deixou a sua marca e mostrou que Amarante tem jeito.”

A opinião de José Ribeiro foi rebatida por Inácio Pinto, que fazia oposição a Diego durante sua gestão. O vereador considera que a cassação do atual prefeito, Luiz Neto, é uma questão política, e no Piauí, segundo ele, cassação de prefeito acontece “por brincadeira”.

Além de várias acusações, Inácio Pinto criticou duramente a parceria que Diego fez, enquanto prefeito, com outros municípios por meio da cessão de máquinas para construção de estradas. “Eu soube notícia de outra máquina em Angical do Piauí fazendo trabalhos. Eu nunca vi tanta máquina quebrada!

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK CLICANDO AQUI

O vereador e ex-secretário de Administração na gestão de Diego Teixeira, José Itamar, alfinetou o atual gestor dizendo que as máquinas trabalharam durante sua gestão em favor da população e não em benefício próprio como fez a administração de Luiz Neto. “Se as máquinas quebraram é porque estavam trabalhando! Na gestão passada elas não trabalhavam! Ou o senhor é cego? Elas só trabalhavam em benefício do gestor (Luiz Neto).”

O presidente da Câmara, Diego Teixeira, rebateu as acusações de Inácio Pinto e iniciou sua fala dizendo que máquina parada não quebra. “Se alguma máquina quebrou é porque estava trabalhando. Na minha opinião, nós devemos trabalhar em parceria com os outros municípios, o que é permitido pela lei.”

Na ocasião, Diego explicou a importância da parceria com os municípios, a exemplo de Angical, Francisco Ayres, Arraial e São Francisco do Maranhão e concluiu dizendo: “À frente da prefeitura eu faria duzentas parcerias, desde que fosse para o interesse coletivo, e não particular! Para ajeitar todas as máquinas eu queria só mais dez dias”.

OUÇA LOGO ABAIXO A FALA DOS DEMAIS VEREADORES DURANTE A SESSÃO

 

Edição e postagem: Denison Duarte

Fotos: Leomar Duarte

Áudio: Denison DuarteDSCF5094 DSCF5104 DSCF5096 DSCF5113 DSCF5120 DSCF5116 DSCF5110 DSCF5119  DSCF5101 DSCF5095 DSCF5117 DSCF5100 DSCF5099 DSCF5098 DSCF5115 DSCF5114 DSCF5108 DSCF5105 DSCF5118 DSCF5093 DSCF5106 DSCF5123

Radar Financeira

Tags: , , , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE