Menu...

17 de dezembro de 2017

Alunos das oficinas do Cultura Viva mostram as habilidades adquiridas nas aulas em Amarante


Hospital de Olhos

ALUNOS DO CULTURA VIVA – As oficinas do II Circuito Cultura Viva, iniciadas na última quarta-feira (15), estão transformando a rotina de atividades dos integrantes inscritos. Ao todo, o evento conta com a participação de 653 em Amarante. Os locais previamente escolhidos para as aulas foram os colégios Antonio Gramosa, Unidade Escolar Antonio Castro e Unidade Escolar Da Costa e Silva.

O secretário municipal de Cultura, Ronaldo Brandão, visitou as escolas acompanhado da supervisora do projeto no Piauí, Gracivalda Albano.

“Os meninos estão super empolgados com as aulas. Temos alunos que estão conhecendo de perto o próprio talento, enquanto outros estão aprimorando as habilidades”, considerou Ronaldo.

A oficina de conserto e confecção de brinquedos é uma das que possuem alunos de idades distintas. Dentre os brinquedos desenvolvidos estão carrinhos, barcos e caminhões, todos motorizados.

Estou muito feliz. Estava faltando esse incentivo para nós. Eu já desenvolvi uma cama e um guarda-roupas. Estou muito satisfeita com tudo o que estou aprendendo”, afirmou a aluna Maria Ducarmo, de 64 anos.

O professor da Oficina,Wilson Cordeiro, assegura que o ideal é conceder a oportunidade de aprendizagem com foco na valorização ao Meio Ambiente. “O desenvolvimento dos meninos é muito bom. Eles são atenciosos e são focados no que estão fazendo. Ao final, eles vão ser capazes de fazer qualquer tipo de artesanato com material reciclado. Esse é o princípio, a partir daqui, eles vão realizar esse trabalho como possibilidade de renda extra. Eles vão aperfeiçoando a cada dia. Uma peça dessa, depois de pronta, pode ser vendida por R$ 25,00. O ideal é que seja dada a oportunidade com valorização ao Meio Ambiente.

Os alunos da oficina de Grafite, que estão no terceiro dia de aula, já mostram as habilidades já adquiridas nas aulas. O muro do Ponto de Cultura, do bairro Escalvado, foi o escolhido para os primeiros experimentos. Outras oficinas como dança, música, teatro, hip-hop e multimídia estão também acontecendo com a participação de alunos de Amarante.

À noite, acontecem as apresentações em um palco montado na Avenida Desembargador Amaral, fortalecendo o intercâmbio cultural entre os 19 pontos de cultura existentes no Território Entre Rios.

Na noite dessa quinta-feira, que foi o segundo dia de apresentações, houve exibição de cantores, poetas e teatro em praça pública, além de outros talentos como desenhistas e apresentações de bonecos.

Nesta sexta-feira haverá o grupo de coreografia Adorar-te, da Igreja Metodista Wesleyana, e apresentações de capoeira

Alunos do Cultura Viva | talentos da terra mostram habilidades durante oficinas

Fotos: Denison Duarte e Leomar Duarte


Tags:

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE