Menu...

18 de dezembro de 2017

Rio: quatro mortos, previsão de mais temporal


Hospital de Olhos

A forte chuva que atingiu o estado do Rio na noite de quinta-feira provocou a morte de quatro pessoas, deixou diversos bairros sem luz e alagou dezenas de ruas na capital, na Baixada Fluminense e na Região Serrana. A previsão é de mais chuva nesta sexta-feira e no sábado. Segundo o Climatempo, a orla do Rio terá ondas de até três metros no fim de semana.

A ressaca, de acordo com o Climatempo, será provocada por fortes centros de baixa pressão atmosférica, associados a ciclones extratropicais no oceano, próximos à costa da Argentina. A previsão é que, no domingo à tarde, as ondas diminuam e o mar fique mais calmo na orla do Rio.

A previsão é de sol e céu claro domingo e segunda-feira. Terça-feira, no entanto, o tempo muda devido à chegada de uma frente fria, que se desloca do Sul do país para o Rio de Janeiro. E a previsão é de chuva forte na capital e na Região Serrana do Estado. Há risco de ventania, como a que ocorreu na noite de quinta-feira, quando foram registrados ventos de até 97 quilômetros por hora.

Manhã de trabalho – Homens da Comlurb passaram a manhã desta sexta-feira tirando a lama que tomou ruas e calçadas da capital e da Baixada Fluminense. Segundo a Light, 450 profissionais da empresa foram acionados para tentar restabelecer a energia nas regiões mais afetadas pela enxurrada de quinta-feira. Até o início da tarde, pelo menos 128 pontos do Rio permaneciam sem energia elétrica. De acordo com a Light, a falta de luz, que afetou a capital, e a Baixada Fluminense, foi provocada pela queda de árvores e galhos sobre redes elétricas durante a tempestade.

A chuva também causou transtornos aos passageiros do metrô. Por volta de 22h, uma árvore caiu nos trilhos entre as estações de Del Castilho e Inhaúma e provocou a paralisação do serviço na Linha 2 por cerca de uma hora.

Mortes – Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, Verá Lícia, 60 anos, morreu atingida por um deslizamento de terra. Em Cabo Frio, na Região dos Lagos, Alexandro Palmeira dos Santos, 18 anos, foi vítima de um raio. Em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste, uma árvore caiu sobre um carro e matou Leila dos Santos, 45 anos. Em Pedra de Guaratiba, na Zona Oeste, um adolescente morreu eletrocutado ao encostar em um fio solto.

Na Região Serrana, pelo menos duas pessoas ficaram feridas em deslizamentos de terra na cidade de Petrópolis.


Tags: , , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE