3:11 pm - sábado novembro 22, 4932

Mulher diz que estava deprimida quando pichou estátua de Drummond

Edição e postagem: Denison Duarte, em 09-01-2014 23:17 | Última modificação: 09-01-2014 23:17
Hospital de Olhos

July Bernardes Vasconcellos Reis prestou esclarecimentos na Delegacia de Meio Ambiente nesta quinta-feira. Ela é acusada de pichar a estátua de Carlos Drummond de Andrade, em Copacabana. A mulher de 29 anos estava na companhia de Pablo Lucas Faria, seu namorado, que confessou ter pichado a estátua.

De acordo com o delegado titular da unidade, José Fagundes de Rezende, July só se entregou por causa da repercussão do caso. Segundo ele, a mulher disse que estava deprimida.

“Ela admitiu que pichou a estátua e o monumento, e disse que foi pela mesma razão que o namorado. Era porque estava deprimida. Segundo ela, bate a depressão no fim do ano porque sua mãe teria se matado quando ela ainda era criança”, revelou o delegado.

Em pesquisas realizadas pela Polícia Civil, verificou-se que July responde a inquéritos por homocídio, tentativa de homicídio e lesão corporal, registrados na 24ª DP (Piedade) e 30ª DP (Marechal Hermes).

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE