AMARANTE

ESPORTES

Atletas estrangeiros talvez participem de eventos-teste em Tóquio

Avatar

Publicado em

ESPORTES


Atletas estrangeiros podem ser convidados para participar de eventos-teste antes da Olimpíada de Tóquio-2020, disseram seus organizadores nesta segunda-feira (29).

Os eventos serão um ensaio final de como evitar a disseminação da Covid-19 em um evento esportivo internacional durante uma pandemia global.

“No momento, estamos avaliando quantos atletas provavelmente participariam dos eventos-teste… coordenaremos com o governo assim que pudermos confirmar estes números”, disse Yasuo Mori, uma autoridade graduada da Tóquio-2020, aos repórteres.

Eventos de teste de cinco competições, incluindo atletismo e a maratona, poderiam incluir atletas internacionais, disseram os organizadores.

Indagado se a Tóquio-2020 fará os eventos de teste se houver outra onda de infecções de coronavírus, o responsável pela realização dos Jogos, Hidemasa Nakamura, disse que estes estão “inextricavelmente ligados à situação doméstica e local do coronavírus”.

A Tóquio-2020 está planejando 18 eventos-teste antes do início dos Jogos, em 23 de julho. Neste mês, os eventos-teste de skate e tiro foram adiados de abril para maio por causa do impacto da pandemia no cronograma.

Leia Também:  Série B: Juventude bate CSA em confronto direto pelo G-4

O revezamento da tocha olímpica começou na semana passada, e espectadores foram instruídos a usar máscaras, manter o distanciamento e bater palmas, ao invés de incentivar os portadores da tocha aos gritos, enquanto os organizadores tentam amenizar as preocupações do público com a segurança.

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Marcelo Melo e Jean-Julien Rojer encerram parceria após dois meses

Avatar

Publicados

em


A parceria entre Marcelo Melo e Jean-Julien Rojer chegou ao fim. Por meio da assessoria de imprensa, o tenista brasileiro informou que a dupla disputará uma última competição junta, o Masters 1000 de Madri (Espanha), entre 2 e 9 de maio, e seguirá caminhos opostos após dois meses.

Os resultados não foram os esperados pela dupla, que passou a jogar junta em março. Melo e Rojer atuaram em sete competições, mas foram além da primeira rodada uma vez, no ATP 250 de Doha (Catar). A sétima derrota em oito partidas ocorreu na última terça-feira (19), na estreia do ATP 500 de Barcelona (Espanha).

“Conversamos em Barcelona e chegamos a um acordo de que seria melhor para cada um buscar um caminho novo. Tentamos de todas as formas fazer a dupla funcionar. Troquei de lado, o Jean-Julien trocou de lado. Jogamos no saibro, na quadra dura, na coberta. Buscamos de várias maneiras possíveis. Infelizmente, a nossa parceria não casou”, explicou Melo, número 18 do ranking de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), em nota à imprensa.

Leia Também:  Fórmula E: último brasileiro campeão, Di Grassi prevê edição atípica

“Por isso, a dupla também é muito difícil nesse aspecto. Tem de achar um parceiro ideal. Por mais que tenhamos semelhança em muita coisa, não deu. Então, seguimos adiante e vou pensar nessas próximas semanas nas opções, em quem seria esse parceiro ideal”, completou o mineiro, de 37 anos.

Antes do último torneio ao lado de Rojer (27º), o brasileiro disputa o ATP 250 de Munique (Alemanha) a partir de segunda-feira (26) ao lado do alemão Mischa Zverev (221º), irmão mais velho de Alexander Zverev, sexto no ranking de simples da ATP. Já a primeira competição após o fim oficial da parceria com o neerlandês será o Masters 1000 de Roma (Itália), entre 9 e 16 de maio, com o croata Marin Cilic, 44º do mundo em simples e 305º em duplas.

Melo e Rojer anunciaram a dupla no fim do ano passado, após o brasileiro encerrar a parceria de quatro anos com o polonês Lukasz Kubot (17º). Como o tenista neerlandês seria pai em fevereiro, o mineiro iniciou a temporada jogando com o romeno Horia Tecau (24º), com quem competiu em torneios na Oceania, entre eles, o Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam de 2021.

Leia Também:  Ceni antecipa retorno ao trabalho no Fla mirando pré-temporada de 2021

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA