AMARANTE

Educação

Ao vivo: confira hoje a correção das provas do Enem 2020

Publicado em

Educação


Pelo sétimo ano seguido, a TV Brasil faz uma cobertura especial do Exame Nacional do Ensino Médio com o programa Caiu no Enem. A atração conta com professores que fazem a correção das principais questões logo após o término das provas – neste e no próximo domingo, dias 17 e 24 de janeiro, ao vivo, das 19h30 às 21h. O programa também será transmitido nas redes sociais da TV Brasil.

Além da transmissão pela emissora pública e nas redes sociais da TV Brasil, o especial vai ao ar também pelas rádios Nacional FM Brasília (96,1 MHz), Nacional de Brasília (AM 980 kHz), Nacional do Rio de Janeiro (AM 1130 kHz) e Nacional da Amazônia (OC 11.780KHz, 6.180KHz).

Apresentada pela jornalista Priscila Rangel, a produção recebe professores especialistas nas disciplinas aplicadas em cada dia da avaliação. Os convidados comentam o exame, destacam quais foram os principais temas cobrados, apontam as surpresas e analisam as questões mais complexas e polêmicas.

Além de resolverem algumas questões, os professores também tecem comentários gerais sobre a prova. O Caiu no Enem ainda explica o cálculo da nota, mostra como os estudantes podem utilizá-la e traz dicas de carreira e sucesso profissional.

Leia Também:  Termina hoje inscrição para primeira seleção de 2021 do ProUni

Durante o programa, os professores compartilham orientações para os alunos baseadas nas informações da prova. O Caiu no Enem indica como os estudantes podem se preparar para a próxima fase do exame e conseguir manter boas condições físicas e emocionais.

O especial traz ainda flashes com as notícias sobre a dinâmica no dia do Enem, entrevistas com os candidatos e trechos da coletiva do Inep sobre a aplicação da prova.

Os interessados em participar também podem interagir pelas redes sociais com a hashtag #EBCnoEnem que será utilizada na cobertura de todos os veículos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Plataforma reúne questões do Enem

A EBC preparou um banco que reúne todas as questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2009 a 2019 para os alunos testarem seus conhecimentos e se prepararem melhor para a prova.

No sistema, o estudante pode escolher quais áreas do conhecimento quer estudar. A plataforma vai selecionar as questões de maneira aleatória para que o candidato possa resolvê-las. A página busca ajudar os alunos ao facilitar o acesso e familiarizá-los às mais recentes abordagens da avaliação.

Acesse aqui o portal Questões Enem.

Sobre os conteúdos das provas

Ao todo, cerca de 5,8 milhões de estudantes estão inscritos para fazer as provas do Enem 2020. Essa edição do exame terá uma versão impressa, nos dias 17 e 24 de janeiro, e uma digital, realizada de forma piloto para 96 mil candidatos, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. As medidas de segurança adotadas em relação à pandemia do novo coronavírus serão as mesmas tanto no Enem impresso quanto no digital.

Leia Também:  Estudantes fazem hoje primeira prova do Enem 2020

No dia 17 de janeiro, os alunos fazem 45 questões de ciências humanas e suas tecnologias que envolvem conhecimentos de história, geografia e sociologia. Também devem resolver 45 questões de linguagens, códigos e suas tecnologias, além de redigir uma redação. Essa primeira prova tem cinco horas e meia de duração.

Já na semana seguinte, no dia 24 de janeiro, os concorrentes terão cinco horas para fazer as 45 questões de matemática e mais 45 de ciências da natureza que contemplam o aprendizado em disciplinas como física, química e biologia.

Alerta para o horário do exame

A aplicação do Enem segue o horário de Brasília. Nos dois dias de prova, os portões sempre abrem às 12h e fecham às 13h. A avaliação começa às 13h30. Os estudantes devem ficar atentos para verificar na localidade onde moram o horário exato do exame.

O Caiu no Enem será exibido pela TV Brasil nos dias 17 e 24 de janeiro, de 19h30 às 21h. Você também pode acompanhar o programa pelo Twitter e pelo Facebook.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Educação

Eleva Tour discute metodologias ativas e aprendizagem significativa na educação

Publicados

em

“Como é possível tanto abismo entre aquilo que se aprende na escola e o que o futuro – que já é presente – do trabalho demanda? Este questionamento, do designer de experiências de aprendizagem, Eduardo Valladares, dá a tônica da palestra ‘Dois pés no século XXI: o que o aluno espera da escola’, que abrirá o Eleva Tour Virtual, encontro realizado via canal no Youtube da plataforma, em 20 de julho, às 16h. Profissionais da educação, pais, responsáveis, alunos e demais interessados na área podem se inscrever gratuitamente por meio do site da plataforma Eleva.

Com a proposta de discutir um modelo de educação mais atrativo e focado nos interesses dos estudantes, o evento reunirá especialistas que abordarão métodos para promoção do aprendizado dinâmico no século XXI. Metodologias ativas, protagonismo do estudante, contextualização do material didático e outras formas de aprendizagem significativa serão alguns dos assuntos abordados.

Programação aborda aprendizagem do futuro

Além da apresentação de Eduardo Valladares, que abordará métodos para tornar a escola – uma das primeiras instituições com que uma criança tem contato na vida – mais atrativa, o Eleva Tour trará o tema “Aprendizagem mecânica x aprendizagem significativa”. Conduzida pela assessora pedagógica da plataforma Eleva, Patrícia Paranhos, a palestra visa apresentar a diferença entre os conceitos, abordando os processos práticos que estimulam o aprendizado significativo.

Leia Também:  Instituto Êxito de Empreendedorismo é lançado com presença de grandes empreendedores

O aprendizado significativo é um conceito proposto pelo pesquisador norte-americano David Paul Ausubel. De acordo com o estudioso, a aprendizagem de novos conteúdos deve se relacionar com conhecimentos prévios dos alunos para ser significativa.

Do outro lado está a aprendizagem mecânica, que conforme Patrícia Paranhos explica, é aquela na qual “o professor está no centro do processo como um grande expositor e os alunos apenas decoram um turbilhão de informações”. Neste sistema, o aprendizado nem sempre é assimilado, sendo as informações esquecidas logo após uma prova ou um curto período de tempo. “A aprendizagem significativa é aquela que se leva para a vida toda. Colocar o aluno no centro desse processo é um meio para alcançá-la”, explica.

O ciclo de conteúdos do evento será finalizado pela professora e idealizadora do site “Se Liga, Prof”, Emilly Fidelix, que abordará o tema “Contextualização e metodologias ativas: indo além do óbvio”. A apresentação irá discutir a necessidade de contextualizar os conteúdos para despertar a atenção dos estudantes e promover um ensino mais aprofundado.

Leia Também:  Wokshop discute sobre a nova Lei de Proteção de Dados

O encerramento do “Eleva Tour Virtual” será realizado pela direção da plataforma de Ensino Eleva. A diretora pedagógica, Carolina Pavanelli, irá falar sobre as diferenças entre adotar uma editora de livros didáticos e um Sistema de Ensino na escola. Em seguida, a diretora geral, Rachel Nogueira, abordará o tema “O Futuro da Educação está aqui.”

Serviço:
Eduardo Valladares – Palestra: Dois pés no século XXI: o que o aluno espera da escola.
Patrícia Paranhos – Palestra: Aprendizagem mecânica x aprendizagem significativa.
Emilly Fidelix – Palestra: Contextualização e metodologias ativas: indo além do óbvio.
Rachel Nogueira – Fala: O Futuro da Educação está aqui
Carolina Pavanelli – Apresentação

Mais informações:
Experta Media – 21 98890-3204

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA