AMARANTE

ESPORTES

América-MG bate Cruzeiro e aumenta vantagem na semifinal do Mineirão

Avatar

Publicado em

ESPORTES


Em partida com lances polêmicos, o América-MG venceu o Cruzeiro de virada por 2 a 1 no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro, realizado neste domingo (2) no Mineirão. A Raposa saiu na frente no primeiro tempo com Rafael Sobis e o Coelho reverteu o placar no fim da segunda etapa, com gols de Alê e Ademir.

Como foi o segundo colocado da fase classificatória, o Coelho começou a decisão com a vantagem de dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols. O clássico mineiro começou com o Cruzeiro pressionando e atacando pelas laterais com cruzamentos perigosos, principalmente de Cáceres. O Coelho jogava em contra-ataques, exigindo boas defesas de Fábio.

O lance polêmico do primeiro tempo veio em um lançamento para Bruno José. Em posição duvidosa, o jogador do Cruzeiro avançou pela direita e passou para Rafael Sobis finalizar de canhota. O juiz anulou o gol mas, após a conferência do VAR, reviu a decisão e validou o tento cruzeirense. Após muitas reclamações, o técnico do América, Lisca, recebeu o cartão amarelo e está fora da segunda partida da semifinal.

Leia Também:  Glória Eterna: Santos e Palmeiras decidem Libertadores no Maracanã

O Coelho iniciou a segunda etapa procurando espaços na defesa cruzeirense. Aos nove minutos o artilheiro americano, Rodolfo, acertou a trave em uma forte arremetida. A resposta veio num bate-rebate na área do América, com finalização certeira de Aírton. Porém, no início da jogada, o VAR acusou impedimento de Matheus Barbosa. Gol celeste anulado.

O América não desistiu e foi recompensado. A reviravolta na partida começou aos 40 minutos, com um gol de cabeçada de Alê, complementando um escanteio batido por Leandro Carvalho, que estava na reserva.

A caixinha de surpresas do futebol se materializou quatro minutos depois. Ademir se infiltrou na defesa da Raposa e completou o lançamento de Leandro Carvalho, estufando a rede de Fábio. Com a histórica vitória por 2 a 1, o Coelho aumenta a vantagem na semifinal.

Quem passar deste confronto vai pegar o vencedor de Atlético-MG e Tombense na final. O Galo venceu a primeira partida neste sábado (1º de maio) por 3 a 0, no Independência.

Leia Também:  Coluna - Fim da PlayStation Store no PSP, Vita e PS3 é preocupante

Edição: Gustavo Faria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Santos vence São Bento e escapa de ser rebaixado no Paulista

Avatar

Publicados

em


 Sempre na primeira divisão. O Santos derrotou o São Bento por 2 a 0 neste domingo (09), na Vila Belmiro, e garantiu a permanência na Série A do Campeonato Paulista. Já o São Bento vai jogar a Série A2 na próxima temporada. Após muita tensão em boa parte do primeiro tempo, o Peixe marcou dois gols no fim da etapa inicial com gols de Lucas Braga e Kaio Jorge, e afastou o fantasma do rebaixamento.

O Santos partiu para cima desde o apito inicial do árbitro, contudo, não encontrava espaços para finalizar. O primeiro chute com perigo saiu apenas aos 21 minutos, quando Gabriel Pirani arriscou de fora da área e obrigou Luiz Daniel a fazer grande defesa. No rebote, Kaio Jorge jogou para fora, mas já estava assinalado o impedimento do camisa 9.

O Peixe passou 40 minutos com a posse de bola, mas sem efetividade. O jogo começava a ficar tenso para os donos da casa quando o gol apareceu. O Santos trocou passes dentro da área do São Bento até a bola sobrar para Lucas Braga, que teve tempo de ajeitar e bater cruzado de perna esquerda, rasteiro, sem chances para Luiz Daniel. Alívio santista na Vila Belmiro.

Leia Também:  Glória Eterna: Santos e Palmeiras decidem Libertadores no Maracanã

Aos 46 minutos, o Santos praticamente afastou toda a possibilidade de rebaixamento. Ângelo subiu pela direita e cruzou rasteiro. Kaio Jorge recebeu na pequena área e chutou no canto esquerdo para fazer o segundo.

A primeira chegada perigosa do São Bento veio apenas aos 14 minutos do segundo tempo. Daniel Costa cobrou falta pela esquerda e João Paulo finalmente trabalhou na partida. A equipe visitante assustou mais uma vez aos 26 minutos, novamente com Daniel Costa. Ele soltou a bomba de fora da área e a bola explodiu na trave direita de João Paulo.

O Santos passou a aproveitar o desespero do São Bento no fim da partida e quase ampliou o marcador. Aos 42 minutos, Jean Mota arriscou de perna esquerda, de fora da área, e Luiz Daniel fez boa defesa. No fim, vitória do Peixe por 2 a 0 e tranquilidade para os torcedores santistas depois de um Campeonato Paulista com desempenho muito fraco da equipe.

Leia Também:  Seleção brasileira de tênis de mesa é convocada para Jogos de Tóquio

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA